Ashes to Ashes – Temporada 3: Episódio 2

Antes de mais um muito obrigado à BBC por ter mentido na semana passada ao dizer que esta semana não havia episódio. Gentlemen, dia 2 não é dia das mentiras for fuck sake! A sorte é que me lembrei de dar um salto ao site de torrents.

Anyway, espectacular episódio! Um dos melhores da série. Muito negro, muito críptico. Começa a ser bastante evidente por onde vai seguir esta temporada, e esse caminho chama-se Sam Tyler! Spoilers ahoy!

Episódio centrado na Chaz, algo bastante raro e refrescante. Eu gosto dela, mas no meio de personagens tão carismáticas é normal que fique um pouco na sombra, mas achei que esteve impecável no episódio de hoje, e tornou-se evidente que ela terá uma grande importância para o resto da série.

Uma das questões que levantei no anterior episódio já foi respondida, Keats acha mesmo que Gene matou Sam e está a tentar convencer Alex disso mesmo. Fica ainda a duvida se é essa a única razão da hostilidade entre ambos. Mas parece-me que será a relação entre a investigação da Alex à morte de Sam e os dois pólos distintos de Keats e Gene que irá abrir a fechadura deste mistério. Fica ainda a questão no ar, quem é o homem desfigurado (Gene novo?).

Por falar em Sam, ele hoje foi muito mencionado, e é bastante claro que ele está no centro do grande mistério da série. Ou melhor, a sua suposta morte, digo suposta porque me parece que ele não morreu, e que de alguma forma voltará e terá um papel fulcral no final da série.

Alguns pontos que gostaria de salientar:

– O genérico de abertura voltou a mudar, parece-me que voltou ao mesmo da 2ª temporada.
– Cena inicial completamente surreal e hilariante.
– Que significado tem a cena em que Alex tem uma visão do cosmos naquele beco?
– Porque diabos começou a tocar o Life on Mars quando a Chaz regressou à equipa, e era o Nelson a dizer welcome?
– A chave de fendas esteve sempre muito presente durante o episódio, sempre relacionado com a Chaz.
– Os frames finais com aquele… cata-vento or something…

Foi um episódio cheio de pequenas pistas e simbolismos que só se apanham com mais visionamentos e com acontecimentos nos próximos episódios. NUNCA MAIS É SEXTA-FEIRA!

Gene: ‘I’m looking for love. Got any?’

Builder: ‘Sorry, love. Got to drag this place into 1983’

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: