Thunderball – Operação Relâmpago [1965]

Mais um Bond e a primeira estreia para mim até agora. Curiosamente este é o filme que mais facturou em toda a série (tendo em conta a inflação) não fazia a minima ideia.

É estranho que se chame Thunderball, depois de o ver acho que ficaria melhor Waterball, porque i’ll be damn! alguém responsável pelo filme tinha um enorme fetiche por água e por temas aquáticos, é de loucos! Para além de longas cenas subaquáticas que claramente se estendem em demasia somos brindados com um clímax de longos e longos minutos que consiste numa batalha subaquática. Ok a ideia pode ter sido pensada com as melhores intenções mas é algo que simplesmente não funciona e não é por acaso que não se vêem muitas no cinema. Não pode haver falas, os sons tornam-se limitados (praticamente é só musica) e é tudo uma enorme confusão, não sabemos quem é quem e o que está a acontecer…

Mas a verdade é que Thunderball não é um mau filme, ou melhor não há nada que seja particularmente mal executado ou pateta como se vai tornar norma no futuro, bem pelo contrário. Gostei que tivessem tido o tempo e paciência para darem o ritmo pretendido (mesmo que seja lento) sem cair na tentação dum vulgar filme de acção. O grande problema é a falta de interesse da história, dos personagens enfim é tudo muito aborrecido e pouco cativante. A certa altura já nem sabia bem porque é que o James precisava de ir a certo sitio ou fazer certa acção. É tudo muito meh…

O Felix mudou mais uma vez de actor (já é o terceiro em quatro filmes), o meu fraquinho por ruivas não foi suficiente para me importar com a bond girl Domino (Claudine Auger) Emilio Largo é um vilão… ok i guess… é como disse antes em relação ao filme, não há nada de errado com eles, apenas são aborrecidos e desinteressantes. Mas tenho de tirar o chapéu às excelentes imagens e paisagens do filme, dá logo vontade de ir passar umas férias às Bahamas.

Mas há algumas cenas que me fizeram rir como a forma descarada como o James chantageia a pobre da enfermeira só para pinar com ela (os grandes momentos de comédia destes primeiros 007 advém da interacção entre o James e todas as mulheres ao seu redor) ou no meio da parada de Carnaval durante uma perseguição a câmara pára num cão a mijar no meio da rua, priceless! 😀

E a seguir vem o You Only Live Twice, que já o vi mas para ser sincero pouco me lembro de momento, tenho apenas alguns flashes de ver o Sean Connery mascarado de japonês *shivers*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: