A evolução de… Tomb Raider

Há dias foi anunciado um novo capitulo duma das minhas séries favoritas, Tomb Raider. Acho que é uma boa oportunidade para abrir uma nova secção no PixelHunt intitulada de…. Pixevolução!

Em que consiste isto? Basicamente servirá para mostrar a evolução de uma determinada série de jogos ao longo do tempo através de imagens. Tomb Raider é perfeito para começar porque já leva 15 anos de vida e 9 jogos (irei falar apenas dos jogos pilares, os spin off’s ficam de fora, mesmo que sejam fantásticos como o Lara Croft and the Guardian of Light). As imagens não são minhas, retirei-as do site skribblerz. So… HERE WE GOO!!!

Tomb Raider [1996]

Bom… o que há a dizer? Fantástico jogo, mas bem quadradão! E esta imagem é da versão PC, nas consolas ainda era pior. O motor de jogo da Core era baseado totalmente em cubos e triângulos, algo que dava uma enorme liberdade de exploração mas tornava tudo demasiado angular. A imagem é do nível City of Khamoon, o primeiro passado no Egipto.Podem ler a minha retrospectiva aqui.


Tomb Raider II [1997]

Mais um excelente jogo, um dos meus favoritos da série e o primeiro que joguei. O motor de jogo mantém-se quase inalterado, houve algumas melhorias que permitiram renderizar a trança da Lara e mostrar… o céu, algo que não era possível no primeiro jogo. A imagem é do nível de abertura, The Great Wall.


Tomb Raider III [1998]

Mais um ano, mais um jogo. De novo o motor de jogo manteve-se praticamente inalterado com algumas melhorias como a nova água, fumo e efeitos de luz. Este 3º capítulo recebeu bastantes novas inclusões mas foi também o primeiro que começou a dar sinais do esgotamento da fórmula tradicional. A imagem é do belissimo nível Madabu Gorge.



The Last Revelation [1999]

Já era tradição receber um Tomb Raider todos os natais, 1999 não foi excepção. The Last Revelation é um dos melhores Tomb Raider de sempre e o que levou a fórmula tradicional à perfeição. Era plataformas e exploração em estado puro. O motor de jogo recebeu as melhorias da praxe, mas já era visivel a sua idade, numa altura em que os avanços tecnológicos eram enormes e frequentes, Tomb Raider começava a ficar para trás. A imagem é do nível Valley of the Kings passado no Egipto, aliás todo o jogo era passado naquele país.



Tomb Raider: Chronicles [2000]

A Lara desapareceu? Não têm história para continuar? O natal vem aí? Worry not, aqui têm um novo jogo que basicamente é apenas uma expansão para extorquir dinheiro aos fãs. Chronicles é a vaca leiteira da Eidos levado ao extremo. Jogo extremamente curto com zero melhorias técnicas, basicamente serviu apenas para financiar o próximo jogo. A imagem é do nível Trajan’s Market em Roma.



Angel of Darkness [2003]

Angel of Darkness foi o primeiro salto de geração da série ao ser lançado na PS2 (e PC claro) e simbolizou na perfeição a encruzilhada em que se meteu na altura. Por esta altura Tomb Raider era uma relíquia do passado a tentar sobreviver num mundo novo. O novo motor de jogo permitia cenários bem agradáveis mas estava ultrapassado e os controlos eram atrozes. Para além disso estava com uma clara crise de identidade. Muitos adiamentos e muitos milhões depois, Angel of Darkness viu a luz do dia. Estava carregado de bugs e boas ideias que na prática não resultaram. No final matou os sues criadores, a Core Design.



Tomb Raider Legend [2006]

A Crystal Dynamics pegou nos destroços deixados pela Core Design e apresentou-nos o primeiro Tomb Raider visualmente a par do que se fazia na industria há já muito tempo. Legend é lindíssimo para a sua época com um motor de jogo completamente novo. Infelizmente como jogo deixou muito a desejar. A imagem é do luxuoso nível de Ghana. Podem ler a minha crítica aqui.


Tomb Raider Anniversary [2007]

Amado por uns, odiado por outros, Anniversary é o remake do primeiro jogo da série. Eu acho-o um dos melhores Tomb Raider de sempre. Uma fantástica mescla entre clássico e moderno. Visualmente pouco mudou em relação ao Legend já que manteve o mesmo motor de jogo. A imagem é do nível St. Francis Folly, um dos melhores níveis de sempre. Podem ler a minha crítica aqui.


Tomb Raider Underworld [2008]

Último Tomb Raider até à data, e em principio o ultimo a seguir a fórmula tradicional (já ela uma variação da original) antes do reboot anunciado. Novo motor de jogo que transforma este Underworld num jogos mais bonitos de 2008. Precisava de mais uns meses para ser refinado, mas o resultado final foi aceitável. A imagem é do nível Remnants. Podem ler a minha crítica aqui.



Tomb Raider [2013]

trApós um longo hiato a Crystal Dynamics volta a fazer um reboot, desta vez muito mais profundo que rasga por completo com o passado. O resultado foi um boa recepção critica, boas vendas e o corte definitivo com os fãs clássicos em busca dum novo público. Fartei-me de falar sobre o jogo na minha análise e no Pixel a Pixel.

Comments
5 Responses to “A evolução de… Tomb Raider”
  1. Álvaro diz:

    Depois de dezenas de semanas a admirar os feitos de Lara Croft e de ter jogado uma ou outra vez num computador de um amigo, comprei o Tomb Raider Chronicles. Foi o primeiro que comprei, e tinha era o mais recente na altura.
    Não me identifico com as críticas que lhe fazem, até porque nunca tinha jogado mais nenhum e simplesmente adorei o jogo. O coliseu é fantástico, essa praça em Roma idem e lembro-me de ficar de boca aberta quando entrei no templo depois de ter derrotado as serpentes, ou lá o que era aquilo.

    Foi um dos jogos mais marcantes de sempre.

    • Curiosamente há bastante gente que teve como primeiro Tomb Raider o Chronicles, não sei porquê, mas é giro. Acho que se tivesses jogado os outros TR antes do Chronicles não o irias ver de forma tão positiva, mas não deixa de ser um Tomb Raider clássico, por isso nunca é totalmente mau🙂

      • Vinicius Melo diz:

        Bom Como lembrança eu sempre tive com ispiraçao o tomb raider 1 demo mais depois começei a jogar os outros games da franquia e nunca consegui parar de joga… Eu estou a espera do novo filme e do novo jogo que vai sair no final desse ano …. Amo muito lara croft e sua aventura

  2. Olá Vinicius!

    Não sabia que estava planeado um novo filme. Sinceramente não sei se deva estar ansioso, não sou grande adepto dos dois filmes com a a Angelina Jolie:\

  3. pedro diz:

    Amo Tomb Raider! Eu joguei TB 1 no seu ano de lancamento em 1996, e depois disso, cada ano eu espero uma nova aventura de Lara Croft. Os 4 primeiros TB sao os melhores! Os puzzles super dificies, a variedade nas fases e tempo para termina-los sempre vai ser inesquecivel! Eu adoro os Tomb Raider criados pela Crystal D., mas concordo com as criticas…eles sao extremamente curtos!! Voce acaba os jogos querendo mais e mais! Estou torcendo para o sucesso do novo reboot que estao lancando esse ano. Estarei no Wal-mart para comprar no dia 05/03!! Saudacoes para todos os fas de TB!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: