Sanitarium [1998]

Há tempos fiz uma troca cultural com um amigo que me levou a descobrir Final Fantasy VII. Chegou a altura duma segunda troca, desta vez calhou-me uma aventura gráfica que se pode considerar relativamente obscura fora da comunidade nicho do género, mas que tem uma pequena legião de fãs, falo de Sanitarium.

Eu cheguei a jogar a demo de Sanitarium na altura do seu lançamento, mas acabei por nunca jogar o jogo em si, mas esteve sempre no meu radar muito por causa das comunidades centradas nas aventuras gráficas que frequento e que sempre o louvavam como sendo um jogo com uma boa narrativa e um óptimo ambiente de terror.

E de facto é nesses dois aspectos que Sanitarium consegue se destacar, tudo o resto é bastante mediano, fraco mesmo.

O principal problema que tive com Sanitarium foram os controlos, basicamente controla-se com o rato ao estilo de Diablo, mas raramente funciona, ou o protagonista passa a vida a esbarrar contra obstáculos ou vira-se para o lado errado, esta situação é particularmente complicada em zonas com caminhos muito estreitos que requerem mais precisão.

Outro aspecto negativo é o voice acting, se exceptuarmos alguns casos, grande parte dos actores são bastante pobres, em especial o protagonista que varia muito entre over acting (MY GOD! THE CHILDREN!) e diz muitas linhas fora do contexto das conversas.

Os puzzles são quase todos mais ou menos lógicos, mas são na sua grande maioria bastante desinspirados. São particularmente irritantes os puzzles que requerem um minucioso e injusto pixel hunting que me obrigaram a ir fazer batota em walkthroughs. Finalmente, há alguns níveis bastante fracos que cortam o ritmo ao jogo, falo de sequências como o labirinto final que pouco mais serve que estender a duração do jogo apenas com frustração.

Fogo! Que péssima troca cultural que fizeste! Ainda por cima ele ficou com o Max Payne!

Not really, felizmente Sanitarium consegue redimir-se.

Sanitarium não é um jogo de terror, mas consegue ser perturbador. Não tanto pelo que acontece mas mais pelo mundo em si. O ambiente é sem duvida o ponto forte do jogo, a colecção de imagens habituais mas distorcidas ou ligeiramente diferentes tornam tudo bastante desconfortável, dá sempre a sensação de que algo não está bem. E isso é um dos temas centrais do jogo, o que é ou não real. Estará o protagonista a sonhar? Que partes são realidade? Serão alucinações? Estará ele louco? Qual a significância de determinada imagem?

Sanitarium está dividido em nove capítulos, sendo que cada um deles funciona quase como uma história isolada. Alguns deles são bons como a aldeia das crianças deformadas e os níveis passados no hospital psiquiátricos, outros são muito bons como o do circo, outros são magistrais como as memórias da antiga casa do protagonista. Infelizmente o jogo nem sempre consegue manter o mesmo nível porque alguns dos capítulos são bastante aborrecidos como os que controlamos dois personagens distintos frutos do imaginário do protagonista.

O outro grande trunfo é a sua história. Achei fenomenal a forma como fragmentos que inicialmente parecem não ter qualquer significado e ligação se tornam tão claros no final. Revela a qualidade do processo narrativo empregue em Sanitarium, no entanto para os menos pacientes a forma como a história é contada em conta-gotas na parte inicial pode ser pouco sedutora.

Resumindo, como jogo Sanitarium não é um portento, longe disso, é bastante mediano. Felizmente a história e atmosfera conseguem redimi-lo e transformar Sanitarium numa aventura gráfica a experimentar pelos fãs do género.

Positivo:
+ Atmosfera
+ Narrativa

Negativo:
– Controlos
– Puzzles
Voice acting

 

Sai do templ… do PixelHunt com:


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: