Diário Pixelizado: Minecraft – Semana 3

Terceira edição do diário Minecraft, se bem se lembram, na edição passada preparava-me para explorar o mundo subterrâneo em busca de minerais raros.

Minecraft: Semana 3

Como disse na semana passada esta é uma das facetas mais empolgantes, perigosas e assustadoras de Minecraft. Explorar locais completamente escuros e claustrofóbicos a centenas de metros de profundidade nunca é muito agradável, mas não deixa de ser fascinante. Imaginem o filme The Descent em formato videojogo.

A primeira coisa a fazer é levar as ferramentas certas, picaretas, espadas e algum material de reserva para poder se necessário construir utensílios lá em baixo. Não vou levar protecção, mas é sempre aconselhado, o risco de morrer lá em baixo é alto.

A segunda coisa a fazer é encontrar uma gruta não muito distante da base para mais tarde se possível ligar a mina à base e extrair minerais de forma mais rápida e segura. Pois bem… esta caverna é prometedora…

Isto começa bem…😐


Todo o cuidado é pouco, já começo a ouvir os gemidos e grunhidos dos seus habitantes… na verdade está um deles mesmo à entrada… nada que uns valentes golpes de espada não resolvam. É importantíssimo ter cautela, iluminar sempre o caminho de forma a construir uma pequena zona de segurança, por isso levem tochas… e muitas. Caso elas acabem levem carvão e madeira. Para além de manter os monstros afastados, a luz das tochas também me indicam o caminho de saída, tal qual as migalhas de pão de Hansel e Gretel. É muito fácil perdermos-nos cá em baixo

A única forma de matar monstros aqui debaixo é com armas, mas alguns deles são muito rápidos e irão matar mais rápido que nós. Nesses casos é importante estar preparado para barricar entradas para mantê-los afastados.

À Esquerda: Coragem! Não custa nada… À Direita: Cheira-me que estou a ser caçado😦


Há certas cavernas que se bifurcam em diversos caminhos, como quero limpar todo o complexo tenho de me aventurar a todos os recantos, para fazer isto é aconselhável fazer uma pequena zona segura para onde possa recuar em caso de perigo.

Já estou há longos minutos cá de baixo, continuo longe dos locais mais propícios a encontrar minerais raros, locais ainda mais fundos, de preferência com lava na sua proximidade. Esses minerais são mais frequentes nesses lugares. Depois de vários combates e sustos a minha vida já vai a meio… e os monstros continuam a aparecer… não sei se vou aguentar muito mais tempo…

Oh… fuck this shit😦


Mas já que cheguei aqui tenho que puxar em frente! Em frente e para baixo porque quantos mais metros descer mais próximo estarei do El Dorado.  É interessante a dualidade de sentimentos que se tem nestas alturas, a claustrofobia e o medo de descer cada vez mais fundo rumo à possível morte contrasta na perfeição com a curiosidade em saber o que está ali no escuro. Escuro esse pouco convidativo…

À Esquerda: Hummm… tão convidativo! À Direita: That’s it… i’m outa here!


Viajando cada vez mais fundo encontro uma cascata de água natural que se estende por dezenas e dezenas de metros. Cada vez mais sinto o cheiro de enormes tesouros lá ao fundo, mesmo que a escuridão e os gemidos me avisem que devo desistir e voltar atrás.

À Esquerda: Oh hi there mate! À Direita: Express elevator to hell, going down!


Do fundo da cascata e do alto da minha claustrofobia finalmente vejo luz ao fundo do túnel, não é luz artificial nem luz solar, mas sim… luz… criada por lava! Sim estou cada vez mais próximo! I can feel it! Onde há lava, normalmente há ouro e diamante!

À Esquerda:Cada vez mais fundo… oh joy😐 À Direita OLÁ! Lava!


E nem mais, não muito longe daqui finalmente encontrei ouro! Finalmente!

FUCK YEAH! I’m Rich!

O resto dos dias serão passados a explorar o resto do complexo, a torna~la segura e a extrair todas estas riquezas e leva-las para a segurança da minha base. Entretanto, tal como temia, morri e tive de voltar a procurar a minha base, infelizmente esqueci-me de ligar o fraps e não tenho imagens. No entanto penso que seria uma seca para o leitor, por isso vou saltar essa parte e para a semana irei-me focar na finalização da minha casinha!

Continua!

Semana 1Semana 2 – Semana 3 – Semana 4

Comments
5 Responses to “Diário Pixelizado: Minecraft – Semana 3”
  1. Anónimo diz:

    qual é essa versão de minecraft? muito bom o grafico

    • Já é antigo, ainda era do tempo em que estava em beta, a correr três mods: O Q-Pack para as texturas, o MrMMods para o Ambient Occlusion e o mini mapa e o e o GLSL Shaders para o depth of field.

      Já passou mais de 1 ano, nem sei se os mods ainda existem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: