Faust – Eine deutsche Volkssage – Fausto [1926]

Mais um filme desta maratona, mais um alemão, mais um expressionista, mais um do Murnau.

Só que… não é bem de terror, na verdade acaba por não se enquadrar bem na maratona. Sim, tem alguns elementos e cenas de terror mas como um todo é um épico trágico-romântico. Vou ser muito sincero, a parte intermédia do filme (onde se inicia o romance entre o Fausto e a Gretchen) foi secante para mim, arrastou-se por muito tempo, felizmente o final redimiu toda essa parte, foi espectacular, heart breaking e redentor… LIEBE! Awwww!

Visualmente Fausto é uma obra prima, o salto qualitativo que os quatro anos trouxeram desde o Nosferatu é incrível! Parecem de gerações distintas em termos de realização, efeitos visuais e trabalho de câmera. Tenho tanta pena que a qualidade da imagem não seja melhor, grande parte dos planos davam lindíssimos quadros e fotografias se fosse mais limpa. Mas para mim o grande ponto forte é mesmo a banda sonora, tão, tão boa!

A história é tipicamente trágica e clássica. Fausto vende a sua alma ao Diabo para poder ser de novo jovem, mas inevitavelmente cai nas suas teias manipuladora. Ele apaixona-se por uma jovem que acaba por morrer indirectamente por causa das acções de Fausto. No final eles morrem mas o amor de ambos vence o mal e a escuridão.

Para concluir, visual e musicalmente arrebatador, mas a meu ver demasiado longo e aborrecido em certos pontos. E não é bem de terror… 5ª feira mudamos de década e entramos no cinema sonoro com o The Hound of the Baskervilles.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: