Peeping Tom – A Vítima do medo [1960]

Que bom! Mais um óptimo filme, a maratona entrou agora num bom ritmo, espero que se mantenha assim.

Ontem foi o dia de Peeping Tom, um thriller de suspense britânico que na altura escandalizou meio mundo. Vendo-o hoje em dia é inofensivo, mas algumas temáticas continuam a ser desconfortáveis. O terror de Peeping Tom é acima de tudo psicológico, não fosse este um filme completamente centrado na psique do protagonista, é impossível não tecer alguns paralelismos com Psycho que curiosamente estreou no mesmo ano. E em alguns aspectos Peeping Tom é melhor, especialmente no retrato do protagonista e da sua doença. O espectador cria uma empatia natural com Norman Bates, mas aqui em Peeping Tom, sabemos praticamente desde a primeira cena que Mark é um assassino, um assassino retorcido. Mas mesmo assim é fácil criar empatia com ele e com a sua constante luta contra o seu problema mental centrado no voyerismo.

E o voyerismo é uma temática que percorre todo o filme, em criança Mark foi alvo de experiências centradas na sua reacção ao medo por parte do pai onde era filmado constantemente e ao longo dos anos criou uma fixação pela câmera e a necessidade de observar outras pessoas. É muito interessante ver a luta interior dele quando se apaixona pela vizinha e entra em conflito se deve ou não “filmá-la”. A história e forma como tudo é explicado e resolvido no final está muito bem executado.

Podem-no ver AQUI por exemplo, vale a pena. O próximo da lista já o vi e é bom, é o Rosemary’s Baby!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: