Drive – Risco Duplo [2011]

No passado fim de semana vi um filme que vinha muito bem recomendado, Drive.

Obviamente tenho que agradecer a quem mo recomendou, óbvio, mas por estranho que pareça… preferia que não o tivessem feito. Gostava de ter sido surpreendido, porque pelo trailer o filme não me pareceu nada de especial, aliás senti um vibe de Velocidade Furiosa ou GTA. Nada mais errado claro, mas quando o fui ver já sabia que iria ser algo de especial e aumentei logo as minhas expectativas. Drive é suficientemente bom ao ponto de as ter igualado, mas como disse, gostava de o ter visto às cegas..

Portanto, a todos os que forem à espera dum filme de acção cheio de perseguições e explosões podem tirar o cavalinho da chuva, Drive é super atmosférico, pautado por um ritmo lento que não tem medo em tomar o tempo que for necessário. Algumas cenas são muito boas, por exemplo a introdução é deliciosa e retrata na perfeição a tonalidade do resto do filme. A personagem do Ryan Gosling é melhor do que aparenta ser à primeira vista, ele é um tipo frio, controlado e focado que aos poucos acaba por perder algum desse controlo sem que tenha muita escolha, ou melhor tem escolha, mas é arrastado pelo afecto que sente (ou precisa de sentir) pela vizinha e o filho dela.

É um filme cheio de personalidade e um dos melhores do ano. É certo que por vezes cai um pouco no seu lado artsy (olhem para mim, sou tão indie e tal) mas o filme é suficientemente bom para aguentar isso. Super recomendado, é bom!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: