Top 10 Filmes de 2011

Depois do top dos videojogos, o inevitável top de filmes de 2011. À semelhança do que disse no dos videojogos, não quis estender a publicação deste top por muito mais tempo, ainda vi alguns filmes de 2011 nestas ultimas semanas mas não foram os suficientes e de certeza que ficou muita coisa boa de fora. Mas não tenho grande tempo e paciência para ver o resto dos filmes que tinha na lista.

Assim, estes são os 10 filmes estreados em Portugal em 2011 que mais gostei de ver (dos poucos que vi). Não são os melhores, são os meus favoritos. Podem ver, se quiserem, as minhas listas de 2009 e 2010.



10- Carnage – Roman Polanski

O The King’s Speech esteve aqui bastante tempo mas… depois apercebi-me que não gostei assim tanto dele e só o ia meter porque ganhou o Oscar. Carnage é mais simples, às vezes até de mais, mas prendeu-me, foi como ter estado durante hora e meia na mesma sala com quatro grandes actores.



9- Rise of the Planet of the Apes – Rupert Wyatt

É a minha escolha mais “controversa”, não foi, nem de perto, um dos 10 melhores filmes que vi no ano, mas merece um destaque porque a meu ver, mesmo com as suas muitas falhas, é um exemplo de como um blockbuster, um reboot e uma sequela/prequela devem ser feitos, isto numa época em que elas inundam os nossos cinemas.



8- Another Year – Mike Leigh

Esta escolha é interessante, já nem me lembrava que tinha estreado em 2011 (no “longínquo” mês de Janeiro) e quando estava a consultar a lista do que tinha visto, o Another Year chamou-me a atenção e fez-me relembrar de diversos momentos do filme, uma prova do impacto que teve em mim e que na altura nem me apercebi. É um fabuloso (e doloroso) retrato da solidão e da passagem do tempo.

O filme é originalmente de 2010, estreou cá apenas em 2011.



7- 50/50 – Jonathan Levine

Foi o melhor filme desta ultima fornada que vi nas ultimas semanas e se calhar ainda está demasiado fresco na minha memória. Mas adorei a forma leve e descontraída, mas sempre com muito coração, com que abordaram um tema tão pesado, secante e cliché.



6- Drive – Nicolas Refn

Tem mais estilo que substância, mas estes filmes também merecem destaque, isto se o estilo for usado de forma competente e como apoio aos restantes elementos, o que é o caso. É um filme super icónico, que me cheira que vai influenciar muitas obras num futuro não muito distante.



5- Midnight in Paris – Woody Allen

Sim, o estilo “postal de viagem” pode ofuscar um pouco o resto do filme, mas mesmo se excluirmos as belíssimas imagens de Paris, este é um filme cheio de charme com uma mensagem sobre as armadilhas da nostalgia e uma homenagem aos loucos anos 20 e à beleza do espírito artístico, sempre de forma leve e descontraída. Ah, e Marion Cotillard.



4- 127 Hours – Danny Boyle

Acho que é um dos trabalhos de realização mais impressionantes do ano. A forma como o Danny Boyle conseguiu dar um ritmo e uma agilidade a uma premissa tão básica e limitado a um espaço tão restrito é a meu ver o grande trunfo do filme.

O filme é originalmente de 2010, estreou cá apenas em 2011.



3- La piel que habito – Pedro Almodóvar

É o mito do Frankenstein com um twist e adaptado ao sec. XXI. Extremamente provocador e retorcido, La piel que habito foi uma excelente surpresa e um sinal de alerta para eu ver mais Almodóvar.



2- Senna – Asif Kapadia

Uma viagem emocional pela vida dum homem que despertou paixões e ódios, mas que não deixou ninguém indiferente. É um documentário que funciona como um drama trágico, com uma excelente montagem que torna a narrativa apelativa mesmo para quem não percebe nada de Formula 1 nem conheceu Ayrton Senna.

O filme é originalmente de 2010, estreou cá (e de forma muito limitada) apenas em 2011.



1- Black Swan – Darren Aronofsky

À semelhança do ano passado a escolha para nº1 foi bastante fácil. Vi-o várias vezes no cinema, vi-o mais tarde em casa e descobri sempre coisas novas em cada visionamento. Black Swan provou, e de que forma, que os filmes de autor também podem ser apelativos para o grande publico e foi o meu filme favorito a estrear em Portugal em 2011.

E vocês? Quais os vossos filmes favoritos a estrear por cá em 2011?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: