Need for Speed II [1997]

Andava por aqui a vasculhar em cenas antigas e dei de caras com o mítico Need for Speed II. Ok, pode não ser mítico no mundo real, mas no meu é, e de que forma!

Corria o ano de 1997, tinha recebido o meu primeiro PC no verão desse ano e esse natal foi o primeiro em que ia receber um jogo, era uma cena especial. E qual foi o primeiro jogo que me compraram? Ou melhor, o primeiro jogo que pedi? Exactamente, Need for Speed II! Descobri o jogo num cd de demos que uma colega da escola me tinha emprestado e adorei, se não estou em erro a única pista disponível na demo era a do Canada e muitas voltas dei lá. Na altura já conhecia a série, também joguei muito The Need for Speed na Sega Saturn dum amigo meu, mas poder jogar em casa era uma experiência diferente.

Eu nunca fui um tipo competitivo e mesmo jogando muito, nunca fui particularmente bom em nenhum jogo porque raramente perdia muito tempo num só jogo. Mas acho que a excepção é mesmo Need for Speed II, em puto era realmente muito bom no jogo e acho que conseguia ganhar a qualquer um. Sabia os circuitos de cor e chegava a entrar num estado de concentração que desde então raramente senti.

Este é quase unanimemente considerado um dos piores Need for Speed clássicos, mas pessoalmente é um dos meus favoritos e um dos jogos que mais ficou gravado na minha memória. Ainda me lembro do circuito na Grécia com aquela descida vertiginosa, do Canadá com aquela secção entre as montanhas que bastava um deslize para capotar, do México em que passava por entre a lava (era um circuito exclusivo da edição especial), da neve do Tibete, do Outback Australiano, da auto-estrada alemã e do circuito final onde corríamos em Hollywood no meio de cenários de filmes famosos.

E lembro-me dos carros! Ferrari F355, um Nazca (?) C2, o XJ220, dum que parecia um protótipo do Gallardo, um prototipo Ford, F50 e por aí fora, o melhor era o Mclaren F1. No final desbloqueava-se um carro ridiculamente rápido que desafiava as leis da física. E ainda havia carros bónus que se desbloqueavam com cheats tipo uma limusina. Lembro-me que eu e o meu primo, como não havia Internet na altura, jogávamos em split-screen e colávamos uns pedaços de cartolina no monitor para um não ver o jogo do outro! Muito bom, boas memórias.

Comments
2 Responses to “Need for Speed II [1997]”
  1. Ao ler a tua descrição das pistas no jogo lembrei-me de uma coisa. É engraçado que na maior parte dos jogos de corridas mais recentes as pistas raramente têm secções com grandes descidas. O único jogo recente que parece fazer isto bem é o Outrun 2 (que é fantástico).

    O jogo de corridas que provavelmente mais joguei quando era pequeno era Colin Mcrae Rally 2. Nada é melhor que drift bem feito xD

  2. Newtomic diz:

    Realmente é cómico como o jogo NfS que mais jogaste é um dos que menos joguei e eu joguei até hoje se não estou em erro a todos ou quase todos!😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: