The Lost Vikings [1992]

2170772-__the_lost_vikings_sega_megadrive__

Lost Vikings foi um projecto criado de raiz pela Blizzard Entertainment (então conhecido como Silicon & Synapse), para o DOS, Amiga, Mega Drive e Super Nintendo, inserido no género side-scrolling/plataformas, no qual através das habilidades distintas de três personagens, Erik (que pode correr mais rápido que os outros dois, saltar, e bater por algumas paredes e inimigos com seu capacete), Baleog (que pode matar os inimigos com sua espada, ou à distância com seu arco), Olaf (que pode bloquear inimigos e respectivos ataques com seu escudo, embora este escudo possa também ser usado como uma asa-delta, ou como um trampolim para Erik subir a locais elevados que não são possíveis sem o escudo) e do trabalho de equipa que os respectivos níveis exigiam, o jogador teria que chegar ao final de cada mapa sem que nenhuma das personagens em questão morresse, evitando assim o prejuízo de ter que repetir tudo novamente.

Para tal, e usando uma personagem de cada vez, o jogador vê-se obrigado a resolver enigmas distintos, que vão desde a simples aniquilação de adversários que nos impedem a progressão, até a puzzles mais complexos que exigem ao jogador mestria no uso das habilidades distintas de cada personagem, de modo a acederem a zonas do mapa até então impossíveis.

Muito do apelo deste jogo, prende-se com os excelentes diálogos existentes entre as personagens, onde o humor está sempre presente, sendo um bom exemplo do que refiro o próprio ecrã de Game Over, com os três personagens a comunicarem entre si sobre os erros do jogador, chegando ao ponto de colocarem em causa a habilidade de quem os controla. Uns anos mais tarde, e fruto do sucesso desta entrega, foi criada uma sequela para as 32 bits e Super Nintendo, que mantém muitos dos moldes deste original, embore nos apresente duas personagens novas. De referir que esta sequela ainda hoje é procurada por muitos coleccionadores, sendo o preço pedido pela sua aquisição superior a alguns jogos recentes, o que acaba por demonstrar o valor que possui entre o jogadores retro.

Quem jogou Lost Vikings certamente irá concordar comigo, mas se este não for o vosso caso, procurem rapidamente um emulador de uma consola 16 bits e ofereçam a vós mesmos uma oportunidade de jogar um dos jogos mais viciantes da era 16 bits.

Comments
2 Responses to “The Lost Vikings [1992]”
  1. Este e a sequela são dos meus jogos preferidos da SNES. É pena a Blizzard hoje em dia não ter a mesma imaginação.

  2. Hugo Bessa diz:

    Ter até tem, não arrisca é tanto…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: