The Mummy – A Múmia [1932]

220px-The_Mummy_1932_film_poster

Segunda entrada da Maratona Terror 2013, com um clássico da Universal, porventura o menos memorável se tivermos em conta o peso dos seus colegas.

The Mummy é um perfeito exemplo da fábrica que era a Universal e segue o molde do clássico filme de terror dos estúdios. Tem a particularidade de ter sido a primeira aposta completamente original da Universal, não se baseando em nenhuma obra literária como O Corcunda de Notre Dame, The Phantom of the Opera, Dracula e Frankenstein e mais tarde Bride of Frankenstein e The Invisible Man. É particularmente interessante ver como se desenrasca sem esse apoio literário, mas inteligentemente os guionistas aproveitaram para se inspirarem nos próprios filmes da Universal, em especial em Dracula e Frankenstein com o qual The Mummy partilha muitas semelhanças.

Em termos visuais e atmosféricos, The Mummy está no topo e aproveitou, e de que forma, o elã que vinha dos anteriores filmes, com uma grande atenção ao detalhe, de certa forma The Mummy é quase um Dracula 2.0, aprendeu do filme do Tod Browning e elevou-o para o nível seguinte. O que mais divide as pessoas acaba por ser o monstro em si. Quem está à espera duma múmia envolta em ligaduras pode tirar o cavalinho da chuva porque ela aqui é mais Dracula e menos monstro de Frankenstein, ou seja, é um homem charmoso e hipnótico e nem tanto um bruto implacável. Embora seja uma desilusão para quem espera ver matanças, esse é também o seu ponto mais forte porque permite a Boris Karloff brilhar e impor toda a sua presença em cena, da mesma forma que Bela Lugosi tinha feito dois anos antes.

Destaque para Edward Van Sloan que entra no 3º clássico de terror seguido depois de Dracula e Frankenstein e sempre no mesmo registo, quase que podia ser sempre a mesma personagem😀 Thumbs up para o flashback onde mostra Imhotep a ser mumificado, filmado num estilo que faz lembrar os filmes mudos da década anterior.

Embora até tenha gostado, acho que é o clássico da Universal que mais me passou ao lado, contudo é obrigatório por quem se interessa por isto. Para o próximo filme da lista, vamos para a Europa, mais precisamente para a Alemanha de Weimar descobrir Vampyr.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: