A Clash of Kings – A Fúria dos Reis / O Despertar da Magia

a-clash-of-kings

A minha lenta progressão pelos livros de A Song of Ice and Fire continua firme. Mais um livro (ou dois cá em Portugal) lido, o correspondente à 2ª temporada da série da HBO, que embora tenha sido de elevada qualidade, foi a menos boa das três já transmitidas.

O que mais me surpreendeu no primeiro livro foi a extrema fidelidade da adaptação, quase nada foi deixado de fora ou alterado e quase tudo adaptado palavra por palavra, o que a ver bem as coisas é um feito digno de nota. Este segundo livro também é uma boa adaptação mas naturalmente não consegue ser tão fiel, mais não seja porque a escala é muito maior. Se na primeira temporada é fácil enumerar as principais alterações com uma mão, aqui é impossível, são tantas, muitas delas tão pequenas que é uma tarefa inglória falar de todas elas.

É muito mais fácil falar das diferenças de ambiente e atmosfera, especialmente nalgumas das diversas histórias paralelas. Não sei se fui só eu, mas tudo o que mete o Stannis e companhia, na minha cabeça é muito, muito diferente da interpretação da série, desde logo o próprio Stannis que é muito mais interessante na “minha” versão, da tal forma que as suas partes eram das mais interessante, o que na série nem sempre era o caso. Claro, é impossível não falar da batalha de Blackwater que na série é muito mais contida e menos grandiosa (provavelmente fruto das restrições de orçamento). De resto, gostei mais de ler este livro porque a segunda temporada da série não está tão presente na minha memória como a primeira. Vi a temporada inicial três vezes, portanto enquanto lia o livro lembrava-me de todos os pormenores. Aqui nem tanto, em muitas situações, enquanto lia, já nem tinha a certeza se tinha ou não aparecido na série, ou se a havia ou não alterações, o que acabou por ser bem melhor e menos cansativo.

Portanto, agora que terminei este livro, está na hora de finalmente entrar no terceiro e começar a aproximar-me do ponto em que a série está parada, o que é muito empolgante! Contudo, esta é uma lenta progressão, estes livros desfrutam-se melhor assim, aos poucos e de forma lenta. E a verdade é que o tempo livre não é muito e quando o tenho estou sempre cheio de sono, mas as coisas vão no bom caminho. 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: