Mortal Kombat Kollection

mk

Quem me conhece sabe que não ligo a jogos de porrada. Nunca gostei e acho que a principal razão é mesmo porque não sei jogar. Simplesmente não tenho a rapidez e coordenação para tirar o mínimo de gratificação deste tipo de jogos.

Mas houve uma excepção, em puto jogava e gostava de Mortal Kombat, lembro-me que o primeiro contacto que tive foi a versão da NES (jogada na saudosa Family Game) e mais tarde com o Mortal Kombat Trilogy no PC.

Bom, mas venho aqui recorda-lo por uma razão especifica, comprei e andei a jogar o Mortal Kombat Kollection que muito basicamente é uma colecção com os três primeiros jogos (infelizmente falta o melhor deles, o já referido Trilogy) num só pacote a correr no defunto GFWL e tudo. Obviamente, que por isso mesmo, a parte online está completamente posta de lado, mas em tudo o resto é um port 1:1 dos originais.

Jogando-os hoje em dia nota-se o quão datado o original é (as sequelas disfarçam bem) e como muita da sua tecnologia ainda não funcionava a 100%  na altura, mas acima de tudo a sua simplicidade vem ao de cima, o que é um pau de dois bicos. É perfeito para tipos zero à esquerda como eu, porque rapidamente dá para aprender todos os movimentos das personagens, contudo não é menos verdade que rapidamente se estagna e deixa de ser grande desafio.

A sua sequela é um enorme melhoramento, um pouco na mesma medida como Street Fighter II melhorou em relação ao original. O numero de personagens levou um aumento, e de forma geral nota-se que a máxima foi “maior orçamento, conteúdo a dobrar”. De certa forma dá a sensação que foi aqui que surgiu o template para o futuro da série enquanto jogo 2D.  A terceira incursão e o posterior Trilogy são basicamente o mesmo jogo mas com melhoramentos e novas personagens.

Pessoalmente senti tremendas dificuldades ao joga-los hoje em dia. Sou definitivamente um mau jogador e mesmo em novice (falo do original) levo grandes tareões😀 Não há volta a dar. Contudo com o Liu Kang ainda consegui chegar à luta final, o que já é bom. Lembro-me que em puto só jogava com o Sub-Zero, mas hoje em dia não consegui atinar com ele.

Com as sequelas as dores de cabeça duplicam e triplicam quanto mais complexos se tornam. Mas o que sempre gostei na série nunca foi as lutas em si ou o seu gameplay, o que sempre me fascinou sempre foi o ambiente, os efeitos sonoros e a mitologia popular da série. Sim, gostei do primeiro filme. Yeah, I’m that wierd :p

Anyway, vim cá escrever só mesmo para isto, foi giro recordar os velhinhos Mortal Kombat, se forem como eu aconselho-vos a dar os míseros euros que isto custa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: