Martyrs – Mártires [2008]

martyrs_xlg

Encerramos a 5ª edição da maratona terror do PixelHunt dois dias mais tarde que o planeado, e fi-lo com o filme mais desconfortável da lista, de longe.

Não gosto de torture exploitation, é um tipo de terror que pouco me diz, gosto de subtileza e de imaginar o que não me é mostrado. Não deixa de ser verdade que quando é bem feito, consegue criar um desconforto imediato em mim que tenho de louvar. Repito, se for bem feito! Saw, Hostel e companhia não são o caso.

Mas o francês Martyrs é bom e percebe imediatamente como manipular o espectador, mesmo usando e abusando de imagens gráficas e chocantes. No entanto, os dois primeiros actos, que são longos, não abusam desse grafismo e até prefere criar uma série de set pieces inteligentes que resultam num desconforto não… físico, mas psicológico. É só no desgastante  3º acto que Martyrs explode para um terrível pesadelo niilista duma brutalidade tal, que começa a afectar fisicamente. O filme precisa desse desfecho e faz sentido vermos Anna passar pelo que passa, mas foi a parte que menos gostei. Será essa exploração necessária? Talvez, mas temo que este tipo de choque imediatista não seja para mim.

É uma montanha russa de emoções mas sempre em descida. Não há raios de luz e esperança, não há qualquer réstia de salvação, só escuridão e dor, só resignação e tal como Anna somos obrigados a resignar-nos. Mesmo não tendo sido completamente do meu agrado, afectou-me e acabou por ser um dos melhores filmes desta maratona. Recomendo para quem não se importar de se deprimir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: