Europa Universalis: Rome [2008]

EU-rome

Sou um fã incondicional de Europa Universalis, no entanto nunca tinha tocado no seu spin-off centrado na Roma antiga que andava por aqui no meu backlog há anos. Until now… dun dun dun!

Na verdade este súbito interesse por Europa Universalis: Rome nasceu duma pesquisa para um artigo que futuramente publicarei (não será difícil de imaginar o que será) e também porque fui afectado (outra vez) pela dolorosa dependência que é Europa Universalis IV. Durante as últimas semanas consumi mais de 30 horas assim num piscar de olhos e aproveitei a boleia para visitar Roma.

Lembro-me que teve uma recepção meio azeda aquando do seu lançamento em 2008 e lembro-me também que alguns meses mais tarde foi lançado uma expansão intitulada de Vae Victus. E era basicamente isso que sabia de Europa Universalis: Rome. Desde logo a abrir, o primeiro impacto que tive foi o motor de jogo de Europa Universalis III… que, parafraseando o que escrevi na minha critica:

Europa Universalis III no momento em que foi lançado (…) era um jogo visualmente feio e ultrapassado com o uso dum 3D muito rudimentar…

Rome não foge à regra. É feiosão! O motor de jogo tem uma profundidade mecânica admirável, mas não há volta a dar, é um assassino visual. Rome pode ser feio, contudo, essa é a menor das minhas preocupações quando jogo um Europa Universalis, o importante são as suas mecânicas e Rome… não sabe bem o que quer ser.

EU

É difícil enquadrar Rome entre os grand strategies da Paradox, é uma estranha mistura entre um Europa Universalis clássico e um Crusader Kings, sem nunca ter, nem de perto, o mesmo nível de profundidade e valores de produção de qualquer um deles. Na verdade é um jogo extremamente limitado e acessível, quase funcionando como uma rampa de lançamento para os restantes jogos, e nesse aspecto acaba por ser um jogo interessante.

Muito sinceramente o único real ponto forte de Rome, que realmente lhe dá algum charme e o torna relevante no meio dos seus primos, é o facto de mostrar Roma e todas as suas particularidades, em especial os jogos políticos do senado e as manobras de influências entre pessoas e partidos, o que é genuinamente interessante. Cada pessoa tem motivações, desejos, filiações e lealdades diferentes, e torna-se bastante complicado mover no meio de tantas cobras. Por exemplo, se um partido maioritário se sentir injustiçado, pode muito bem partir para uma guerra civil, o mesmo se um general com tropas leais a si se sentir que daria um líder mais eficaz que nós. É um processo bastante divertido que acaba por ser a alma de Europa Universalis: Rome, porque em quase tudo o resto é bastante limitado em comparação com o que já vimos da série.

Roma é tão forte, mesmo com a oposição de Pirro de Épiro (o jogo começa nas guerras Pírricas) e de Cartago, que o verdadeiro desafio se prende na gestão dos conflitos internos. Os bárbaros do norte são apenas carne para canhão e o verdadeiro desafio está em esperar que as províncias desocupadas possam ser colonizadas.

EUR

Para quem procura a experiência típica dum Europa Universalis, Rome e a sua simplicidade é um bom ponto de partida e de aprendizagem, no entanto, mais cedo ou mais tarde, as suas limitações acabam por vir ao de cima e invariavelmente o jogador sente que está a perder muito do que teria jogando outro dos jogos da Paradox.

Mas a verdade é que mesmo sendo um jogo inferior da série, continua a ser sólido q.b. ainda mais para quem procura um jogo do género que retrate Roma, que, muito honestamente, acho que é mesmo o único no mercado.

Positivo:
+ Retrata diversos aspectos da Republica de Roma.
+ Jogos políticos e de influencias.

Negativo:
– Feio.
– Baixos valores de produção.
– Relativamente simples e limitado em comparação com o resto da série.

Tempo de Jogo: 10 Horas
Completo: N/

Sai do templ… do PixelHunt com:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: