I am Here [2015]

i_am_here_xlg

Despedi-me da 9ª edição do MOTELx com um filme que desconhecia por completo e que… até gostei.

Digo já, assim a abrir, que I am Here é pesado, muito pesado. É opressivo, desconfortável e não dá nada ao espectador de borla. Os raríssimos momentos de alguma “boa disposição” (notem as aspas) são rapidamente colocadas no seu lugar pelo brutal realismo e pela imperturbável obsessão da protagonista que, vendo-se incapaz de ser mãe, faz de tudo para o ser.

Esta obsessão leva-a a abandonar a segurança do seu mundo e a entrar no submundo da prostituição controlada pela máfia de leste, é uma transformação de tonalidade do filme, mas também da sua personagem (visível no próprio poster) que sofre uma mutação que personifica essa mesma espiral de descida. O seu ritmo lento aliado à excelente fotografia, tornam-no às vezes quase etéreo, como que se dum pesadelo se tratasse.

Não é para todos, mas consegue sair daqui com um recomendando.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: