Batman: Arkham Knight [2015]

Como já deverão saber, sou um fã da série Arkham, desde o original Arkham Asylum que posso dizer que esta se tornou numa das minhas séries favoritas dos últimos tempo, e sim, também gostei do mal amado Batman: Arkham Origins. A verdade é que, mesmo não sendo particularmente fã do Batman em si e das suas … Continuar a ler

The Hunger Games: Mockingjay Part 2 – A Revolta Parte 2 [2015]

O prometido é devido, portanto fui ver o desfecho da quadrilogia The Hunger Games. A terceira parte tinha perdido algum do oxigénio que o segundo filme, Catching Fire, tinha injectado, isto depois dum primeiro filme meio insonso. Na altura fiquei com aquela ideia de que poderia ser um contratempo causado pela divisão do ultimo livro … Continuar a ler

The Hunger Games: Mockingjay Part 1 – A Revolta Parte 1 [2014]

Depois da boa surpresa que foi a sequela de The Hunger Games, chegou, é claro, a oportunidade de dividir o ultimo livro em duas partes. Resultou com o Harry Potter, né? Aqui… não sei bem, para ser sincero. Quer dizer, é fácil admitir que gostei bem mais do filme anterior, mas sem ver o derradeiro … Continuar a ler

SPECTRE [2015]

As luzes apagam-se, começa o tema 007 enquanto Bond caminha sob o olhar do cano da arma. A emoção dum novo 007! O hype sobe, let’s do this! A cena inicial no México começa de forma maravilhosamente prometedora com um plano sequência de longos minutos, que rezo que dê o mote para o resto do filme, … Continuar a ler

The Hunger Games: Catching Fire – Em Chamas [2013]

O derradeiro capitulo da saga The Hunger Games está ai a rebentar e cá por casa decidimos pormos-nos a par disto. Ambos tínhamos já visto o filme original, falei dele AQUI, portanto passámos directamente para o segundo filme que, rezam as crónicas, é bem superior ao seu antecessor. E tenho de concordar. Se The Hunger … Continuar a ler

Crimson Peak – A Colina Vermelha [2015]

O dia das bruxas já lá vai, mas os filmes de terror cá continuam. Gosto do Guillermo del Toro, às vezes nem tanto por causa dos filmes em si, mas mais pela sua visão e os universos artísticos que cria. Sempre que ele se meteu no género do terror saiu-se bem, veja-se El Laberinto del Fauno … Continuar a ler