The Big Short – A Queda de Wall Street [2015]

Um dos crónicos candidatos desta época de prémios, The Big Short seria aparentemente um filme para eu deixar passar, não ligo ao mundo das finanças e honestamente, não quero ligar. Surpreendentemente parece que pensaram em mim. Digo isto porque The Big Short, mesmo sendo centrado e focado no mundo da alta finança e em Wall … Continuar a ler

Top 5 Filmes 2015

Às vezes questiono-me se deverei continuar a fazer tops de final de ano quando quase nem vejo filmes recentes, mas já é uma tradição, portanto, que se lixe. Aqui estão os 5 filmes estreados em Portugal em 2014 que mais gostei de ver. Não são os melhores, são os meus favoritos. Podem ver, se quiserem, as minhas … Continuar a ler

Top 5 Videojogos 2015

Mais um ano em que não joguei muita coisa, e muita da que não joguei como por exemplo Bloodborne (é o que dá ainda haver exclusivos) em principio seria bom o suficiente para entrar aqui. Outros pesos pesados como Fallout 4 e Metal Gear Solid V não tenho muito interesse em jogar e alguns meninos … Continuar a ler

Creed – O Legado de Rocky [2015]

Curto o Rocky, especialmente o primeiro filme, mas também as patetices posteriores onde no meio de propaganda anti-comunista Reageniana até apareciam robots e tal, mas a bem da verdade, de uma forma ou de outra quase todos são pouco relevantes porque, vamos ser sinceros, seguem quase todos o mesmo template. A piada era mais ver … Continuar a ler

Whiplash – Nos Limites [2014]

  Eu, no final de Whiplash. Este é daqueles filmes, raros, que consegue a proeza de quebrar as leis do espaço/tempo porque não encontro outra explicação porque raio 1h40 passaram em tão pouco tempo. Juro-vos que não consegui tirar os olhos do monitor uma única vez, Whiplash é um crescendo tal, dum ritmo tão perfeito que … Continuar a ler

Mandariinid – Tangerinas [2013]

Mais uma descoberta na minha procura por filmes estreados cá em 2015, preciso de fazer um top decente e dei por mim a ter visto poucos filmes de qualidade. Mandariinid foi, felizmente, uma boa descoberta, mesmo que, tenho de admitir, tenha tido uma missão complicada em me conquistar. Com efeito, ele demorou um pouco a arrancar … Continuar a ler

Relatos Salvajes – Relatos Selvagens [2014]

Na minha busca por filmes de qualidade estreados no ano passado tropecei neste argentino Relatos Selvagens que, vim a descobrir depois, esteve nomeado para Oscar de filme estrangeiro. E percebe-se bem porquê, é que Relatos Selvagens foi das melhores comédias que vi nos últimos tempos. Quem me conhece sabe que sou bastante difícil de agradar no que à … Continuar a ler

Ex Machina – Instinto Artificial [2015]

Um filme que é a minha cara e que tem tudo para me conquistar, ainda por cima tão bem recebido. Não podia deixar passar nesta minha ultima visita por 2015. Enquanto via Ex Machina não conseguia tirar da cabeça aquela tech demo da Quantic Dream para a Playstation 3 (vejam AQUI, é fixe. Olhem que … Continuar a ler

Timbuktu [2014]

Não é certamente fácil falar de Timbuktu, e não é fácil porque não é um filme que eu consiga fazer justiça escrevendo aqui. Timbuktu é um estudo sobre intolerância religiosa, mas também sobre conflitos ideológicos, é um filme frio na forma como aborda temáticas quentes, mas apaixonado e cheio de coração quando aborda temáticas mundanas. … Continuar a ler

Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance) – ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) [2014]

Inicio de ano, que é o mesmo que dizer “bem, deixem lá ver o que perdi no ano passado”. Pois é, é aquela altura em que me dou conta que quase só vi lixo comercial no cinema e nem sequer consigo montar um top 5 decente. E para começar, nada mais natural que escolher o … Continuar a ler

Harry Potter and the Deadly Hallows: Part 2 – Os Talismãs da Morte: Parte 2 [2011]

Maratona Harry Potter À semelhança do que fiz no anterior filme decidi escrever no post do meu visionamento original deste Deadly Hallows: Part 2 porque, tal como referi na primeira parte, é uma boa forma de comparar as diferentes opiniões neste espaço de 4 anos, e porque os meus sentimentos permanecem quase inalterados. Sou de opinião … Continuar a ler