Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance) – ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) [2014]

117901_slip

Inicio de ano, que é o mesmo que dizer “bem, deixem lá ver o que perdi no ano passado”. Pois é, é aquela altura em que me dou conta que quase só vi lixo comercial no cinema e nem sequer consigo montar um top 5 decente.

E para começar, nada mais natural que escolher o vencedor do Oscar de melhor filme. Birdman não foi muito consensual aquando da sua vitória e é fácil perceber porquê. Não é um típico filme de Oscar, na medida em que se afasta dos caminhos clássicos dos dramalhões da praxe, mas a sua própria estrutura é de certa forma invulgar e arriscada. Embora não tenha uma clara e tradicional divisão por actos, o que mais impressiona em Birdman é como Iñarritu estende a sua estrutura numa longa e ininterrupta linha narrativa, o que resulta numa arriscada (e impressionante) sequência de longuíssimos planos sequência (com transições bem mascaradas) que requereu, decerto, uma tremenda sincronização e empenho por parte de todos.

De qualquer das formas se em termos técnicos e artísticos Birdman é irrepreensível, já em termos de tom e ambiente acho que me passou um pouco ao lado. Não quero cair no mesmo saco da horrível critica de teatro representada no filme e atribuir etiquetas injustas, mas é impossível não dizer que o senti demasiado… pretensioso/artsy/whatever. Sim é um termo horrível que detesto usar, mas Birdman tão um ego tão inflamado que essa enorme auto confiança acabou por me passar uma má vibração. Tretas à Berto, não liguem.

Mas por mais que me tenha passado ao lado seria tremendamente desonesto de minha parte não admitir a sua extrema qualidade.

Originalmente de 2014, estreou em Portugal em 2015

Comments
One Response to “Birdman or (The Unexpected Virtue of Ignorance) – ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) [2014]”
  1. Como eu te entendo! Quando fui todo contente contabilizar os filmes que vi este ano até cheguei a um bom número, e depois senti vergonha daquilo que escolhi ver😛

    Já o Birdman, gostei bastante, sem dúvida que foi um dos melhores do ano passado e nem achei propriamente “fartsy”, mas consigo ver o porquê de dizerem isso. Anda ali na corda bamba!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: