Superhot [2016]

SH

Vou manter isto curto porque, como já vos disse, ando com pouco tempo e muito trabalho😦

Gosto quando pequenos jogos experimentais, normalmente grátis, se tornam tão grandes dentro dos seus pequenos espaços que conseguem relançar-se como jogos completos e comerciais. Há exemplos de sucesso que já fui falando por cá como Dear Esther, Stanley Parable ou até o mod Black Mesa.

Um desses pequenos jogos criativos foi lançado em 2013,  grátis, um shooter que corria até através do browser e que se tornou conhecido pela forma como usava a manipulação temporal para criar uma jogabilidade… literalmente única e original. Muito basicamente em Superhot o tempo só anda quando nos movemos ou fazemos uma acção. Se se mantiverem estáticos o tempo para, para eliminar os vossos adversários terão de se mover, no entanto isso levará a que eles também se movam, criando assim perigo ao jogador. É portanto um exercício complexo, entrando quase no campo de jogo de puzzles, o que num jogo de pura acção frenética e desenfreada como este, é digno de nota.

superhot

Mas nada melhor que experimentar para entender. A sorte é que nem precisam de fechar o browser para ver no que tudo isto consiste. Basta clicar ali em baixo (só não gosta muito do Chrome). Vá lá, vão lá experimentar, eu espero.

Já está? Bem porreiro não? Pois, Superhot é isto, mas com mais conteúdo e polimento.

O gameplay é perfeito, esta versão comercial adiciona novas habilidades que todas conjugadas transformam os tiroteios em autênticos bailados de destroços, tiros e explosões. Um mimo. Tudo isto está montado sobre uma estética tremendamente minimalista, quase bicolor onde os inimigos, a vermelho, são a única cor no mundo e um claro objectivo do jogador. À semelhança de Firewatch de que vos falei há semanas, Superhot está montado no motor Unity que, mais uma vez, volta a mostrar o quão instável é. Num jogo destes, ter constantes pausas e stutters é inadmissível. Foi eventualmente resolvido com patches (antes disso tive que definir alta prioridade no gestor de tarefas) mas não há desculpas. Sim, a campanha é curta e fácil demais, mas em compensação os desafios pós jogo estendem a sua duração e dificuldade.

Tal como Superhot nos diz no final, este é um dos shooters mais criativos e revolucionários dos últimos tempos. não há volta a dar.

Positivo:
+ Perfeito gameplay.
+ Estética minimalista.

Negativo:
– Performance vanilla.
– Curta duração da história.

Tempo de Jogo: 10 Horas

Sai do templ… do PixelHunt com:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: