Her Story [2015]

herstory

Aproveitei a férias para descobrir um dos meninos bonitos da cena indie do ano passado, nada mais nada menos que um jogo… full motion video!

Sim, é verdade, ainda se fazem jogos FMV por incrível que pareça, no entanto se estão à espera de algo tipo Phantasmagoria ou Gabriel Knight II dos bons velhos tempos, desenganem-se porque Her Story não encaixa aí. Não é uma aventura, nem tem um gameplay tradicional ou até uma história disposta numa estrutura clássica, isto porque, a própria história é um puzzle. E sendo um puzzle, cabe ao jogador encontrar todas as peças e fazer algum sentido dela.

Podem achar que estou a usar o termo puzzle como uma metáfora, mas digo-o de forma literal, passo a explicar. Em Her Story estamos diante um computador da policia onde acedemos a uma base de dados dum interrogatório gravado nos anos 90 (ficcional, claro). Sendo uma base de dados, como podem imaginar as centenas de excertos do interrogatório estão espalhados de forma aleatória e cabe ao jogador saber o que quer pesquisar, para tentar fazer algum sentido com toda aquela informação em bruto. Portanto, um puzzle.

HS

Vou ser honesto, a ideia é maravilhosa e dá à narrativa uma abertura e liberdade de interpretação tremenda, é refrescante abordar uma história desta forma. A história em si, quando se consegue ter uma ideia é genuinamente interessante. A actriz Viva Seifert consegue estar à altura do desafio que, se formos a ver, é o ponto fulcral do jogo já que ela está constantemente em cena. Se ela não fosse minimamente credível, todo o jogo cairia como um baralho de cartas. Mesmo adorando a ideia e o conceito, tenho de admitir que… bom, não há muito para fazer para além de ver os vídeos, portanto chega uma altura em que já decifrámos parte da história que já não há grande motivação em continuar a fazer o mesmo a toda a hora. Pode parecer injusto reduzir Her Story apenas a isso, mas foi o que senti.

Uma fantástica ideia embrulhada num um conceito inovador, mas com uma execução um tanto limitada é a melhor forma que tenho de descrever Her Story.

 

Positivo:
+ Ideia inovadora.
+ Boa história dividida num puzzle.

Negativo:
– Não há muito a fazer em jogo.
– Pouco incentivo para continuar depois de montada a história.

Tempo de Jogo: 3 Horas

Sai do templ… do PixelHunt com:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: