Fantastic Voyage – Viagem Fantástica [1966]

fantastic_voyage

Iniciamos esta nova maratona Sci-Fi com um filme que sempre me despertou interesse. Por alguma razão há algo que me fascina em poder ver a nossa vida dum plano microscópico, coisas do dia a dia numa perspectiva completamente diferente, em filmes como The Incredible Shrinking Man ou os desenhos animados Era uma vez… o Corpo Humano.

E é precisamente no seguimento desses memoráveis desenhos animados (o pessoal da minha geração de certeza que se lembra) que vos falo de Fantastic Voyage, já que ambos partilham o mesmo cenário, o corpo humano. Fantastic Voyage é um clássico, um dos primeiros filmes a ganhar um Oscar para efeitos visuais (na altura apenas o terceiro ano em que a categoria era premiada) e de certa forma foi um dos primeiros filmes de ficção cientifica da década que se preocupou em tentar apresentar uma certa seriedade e factualidade sobre o tema.

Sim, a premissa é ridícula (como são todas as que envolvem reduzir a escala duma pessoa) e os cenários cheios de cores berrantes e psicadélicas dos anos 60 são difíceis de se levar a sério, 05-1374323431 mas todo o tom é muito sério e nota-se que houve uma genuína preocupação em tentar ser o mais cientificamente plausível possível. Tudo isso acaba por afastar este filme da campiness da altura e aproxima-o mais da seriedade que 2001: A Space Odyssey e mais tarde a década de 70 traria.

Mas a verdade é que para além do espectáculo visual, pouca coisa em Fantastic Voyage me conseguiu cativar, para ser sincero achei-o bastante aborrecido e desperdiçou todo o potencial que a premissa prometia. Os momentos de tensão são demasiado brandos e a identidade do sabotador foi das coisas mais óbvias que já vi. Há algumas caras famosas como as mamas da Raquel Welch e o Blofeld do You Only Live Twice mas estão todos em modo piloto automático.

Chego à conclusão que se calhar este filme precisaria duma abordagem menos cientifica e mais na onda de Julio Verne, porque a ideia de lançar uma tripulação num submarino microscópico dentro do corpo humano é muito mais excitante e fantástica do que Fantastic Voyage conseguiu ser.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: