Inside [2016]

inside

Lembram-se de Limbo? O menino bonito da cena indie nos idos de 2010. Cheguei a falar dele por cá e dei-lhe boa nota, mesmo reconhecendo que perdia muito gás na segunda parte da sua curta duração.

Seis anos (!) se passaram e os dinamarqueses da Playdead apresentaram a sequela espiritual intitulada de Inside. E o que é Inside? É isso mesmo, uma sequela espiritual, pega na estrutura de Limbo, muda as roupagens e dá-lhe um muito maior foco e consistência, transformando o que era um jogo coxo, numa experiência muito mais sólida, de tal forma que torna Limbo praticamente obsoleto, isto porque coloca a nu todas as suas fragilidades.

A estrutura é semelhante, ou seja um side scroller com puzzles e platforming muito básicos (o que acaba por cortar-lhe as asas), mas com um tremendo sentido estético e uma fantástica atmosfera. Se o ambiente de Limbo era emprestado e inspirado pelo surrealismo alemão dos anos 20 e 30, Inside vai beber muito de 1984 de George Orwell, ou seja uma atmosfera extremamente opressiva onde as liberdades individuais são espezinhadas e todos se comportam de forma autómata.

i

Ao contrário de Limbo, Inside é um crescendo, desde a abertura onde o protagonista (mais uma vez uma criança) tem de se esconder das forças policiais, até ao apoteótico final que é das coisas mais surreais que alguma vez joguei e que nem vou tentar sequer dar pistas do que é. Mas é incrível.

Quem leu o meu top de 2016 certamente viu Inside lá em 5º, portanto como é óbvio gostei do jogo, nem há discussão. Agora, se me perguntarem se é perfeito ou se me acompanhará no futuro… pois não sei. Limbo de certa forma perdeu-se um pouco com o tempo e não me acompanhou com o passar dos anos, de Inside terei de esperar para saber.

Positivo:
+ Atmosfera.
+ Visuais.
+ Aquele final.

Negativo:
– Puzzles e platforming demasiado simplificados.

Tempo de Jogo: 3 Horas

Sai do templ… do PixelHunt com:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: