1 Pixel, 6 Filmes – Roma Antiga

Saudações caros caçadores de pixeis! Sabem que dia é hoje? Nenhum em especial assim que me lembre, mas é bom o suficiente para apresentar uma nova rubrica aqui no PixelHunt (ui há quanto isso não acontecia?!) intitulada de…. preparem-se, 1 Pixel, 6 Filmes.

E o que é 1 Pixel, 6 Filmes perguntam vocês? Assim por alto uma desculpa para ver filmes, mas acima de tudo filmes históricos que a bem ver é como matar dois coelhos numa só cajadada. Gosto de cinema, gosto de história, porque não juntá-los?

Pois bem, 1 Pixel, 6 Filmes funcionará, muito basicamente, em algo ao longo destas linhas: Escolho (ou escolherão vocês no futuro, quem sabe) uma época histórica e escolherei 6 filmes que a descrevam ou ajudam a compreendê-la. Pensem em algo na linha do que tenho vindo a fazer na rubrica Jogar a História, mas com filmes e ao longo de uma semana. Sim, a ideia é ver um filme por dia, ou seja num Domingo apresento a introdução (que é hoje, e é esta a introdução) e até Sábado verei então os felizes contemplados.

Gostava de fazer uma edição por mês, mas sei que não vou conseguir, portanto não prometo nenhuma periodicidade, é quando for. A cada filme falarei um pouco dele, como habitual, mas reservarei uns parágrafos para falar também do prisma histórico e também do realismo histórico, mas nada muito complexo, não se amedrontem. A ideia para já é manter o “pixel” reservado a períodos históricos, é algo que me fascina e que quero explorar, mas no futuro não fecho portas a que o tema varie para algo completamente aleatório.

separador

Pois bem meus amigo, como já devem ter percebido pelo titulo, reservei a primeira edição do 1 Pixel, 6 Filmes a um período que já abordei no Jogar a História e que é tremendamente rico no que a cinema diz respeito. A Roma antiga.

Fiquei boquiaberto com a imensidão de filmes sobre Roma, mas também admirado de como a balança pende de forma tão evidente para os filmes mais antigos. O único filme relevante do séc. XX é o Gladiator e mesmo assim nem o escolhi. A esmagadora maioria é dos anos 50 e 60 quando o género do peplum estava na moda e, sem surpresas, a maioria dos filmes que escolhi são dessa época dourada de Hollywood.

Portanto, para os mais curiosos, segue-se a lista dos escolhidos:

    

    

Ordenei-os, não por data de produção, mas sim pela época que retratam, logo quem começará a semana é Julius Caesar que como é fácil adivinhar mostrará os últimos tempos da republica (infelizmente há surpreendentemente poucos filmes que mostrem o período republicano, nem falo do monárquico, mesmo as guerras púnicas que dariam filmes do caraças) e que se complementará com Cleopatra que termina com a implantação do Império. O polémico e infame Caligula mostrará o lado mais negro e caprichoso da alta sociedade Romana e Ben-Hur o apogeu Romano durante a vida de Jesus de Nazaré. 6ª feira teremos The Fall of the Roman Empire que foi escolhido em vez de Gladiator porque o filme do Ridley Scott é na pratica um remake e sempre tive curiosidade de o ver. O subvalorizado Ágora terminará a semana com um olhar sobre os conflitos religiosos do período tardio do Império.

Foi muito difícil escolher estes seis, estive sempre a mudar de ideias, fiquei muito desapontado por não haver filmes decentes sobre o período mais precoce de Roma que me permitissem falar de Aníbal, Cipião, das guerras Pírricas, Púnicas e por aí fora. É normal que o império seja mais fascinante para a consciência popular e assim, infelizmente, parte destes filmes centram-se nessa época.

Em termos de realismo, vai haver uma linha comum entre todos estes filmes (excepção a Ágora que é mais recente) que é aquela imagem clássica de Hollywood onde tudo é limpo, brilhante  e grandioso. É a imagem romântica de Roma que já vem de há muito tempo, Roma sempre foi vista como uma época dourada, especialmente depois do Renascimento, e Hollywood apenas se limitou a traduzir esse mesmo romantismo para o grande ecrã.

Portanto, se se interessam por cinema e História passem por cá esta semana. Será um filme por dia, comentem e partilhem outros exemplos de filmes pertinentes para a época histórica. Entretanto, podem ler outros artigos que se inserem no tema aqui em baixo, entre os quais um filme que se eu já não tivesse escrito, seria um dos escolhidos que é Spartacus.

separador

Leitura “PixelHuntiana” suplementar

        

          Spartacus                                                           Jogar a História: Roma Antiga

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: