The Fall of the Roman Empire – A Queda do Império Romano [1964]

180 DC – 192 DC

Tal como o nome indica, para quinto filme decidi escolher a queda de Roma. Portanto é sobre a invasão de Alarico correcto? Pois… não.

Viram o Gladiator? O filme do Ridley Scott é na prática um remake parcial de The Fall of the Roman Empire, ou seja, é a história da morte de Marco Aurélio, a subida ao trono do megalómano Commodus e a sua queda durante um duelo às mãos do protagonista, um general deposto. Acabou por ser essa a razão porque escolhi The Fall of the Roman Empire, a curiosidade de ver o quão próximo está do filme de Scott.

Em termos narrativos seguem as mesmas linhas, no entanto, de forma geral são bastante distintos, Gladiator é muito mais pessoal e focado, The Fall of the Roman Empire perde-se completamente na sua enormíssima escala e pouco mais tem a dar do que os seus maravilhosos e exuberantes cenários, o que é pena mas também esperado. Simplesmente a sua história não é interessante nem cativante o suficiente, o que aliado às longas 2h30 tornaram a experiência um pouquinho aborrecida. Gadiator ao menos tinha em tremendo elán emocional a guia-lo.

Christopher Plummer, Sophia Loren, Alec Guiness, Stephen Boyd (aqui o protagonista, já tinha aparecido em Ben-Hur como o vilão Messala) e James Mason (que vimos em Julius Caesar como Brutus) já agora…. incrível como usavam tantos actores em filmes idênticos, mas mesmo este elenco de luxo não consegue salvar o filme da mediania e só mesmo Christopher Plummer consegue extrair alguma substância da sua performance.

O melhor do filme são mesmo os absurdos e megalómanos (espelhando o próprio Commodus) cenários que são de cortar a respiração, especialmente o fórum romano que segundo a wikipedia é o maior cenário exterior da história do cinema com uns assombrosos 92,000 m2 . De doidos, claro que isso levou a altíssimos custos e subsequentemente a que The Fall of the Roman Empire se espalhasse ao comprido nas bilheteiras, levando à falência do produtor Samuel Bronston numa altura pós Cleopatra, quando o género já estava em plena queda de popularidade.

Em termos de realismo histórico como devem imaginar há aqui muita, mas muita ficção e romantismo. Desde logo,  como podem imaginar, o titulo é enganador porque na prática não retrata a queda do império, na verdade ele só cairia (a parte ocidental) quase três séculos mais tarde, no entanto a ideia que o filme quer passar é que foi com Commodus que o processo se iniciou, o que é falso e redutor. O filme bate em alguns bullet points que levaram à corrupção e decadência do império ao longo dos séculos como por exemplo os maus imperadores, intrigas palacianas, a dificuldade da assimilação entre romanos e bárbaros e as migrações dos povos germânicos, mas fá-lo duma forma tão resumida que transparece a ideia de que tudo se passou em algumas semanas, invalidando a ideia que quer passar de que foi um processo de séculos.

Um enorme e luxuoso espectáculo visual, cénico e de escala, mas demasiado conservador, tradicionalista e antiquado, mesmo para a época. Cleopatra, mesmo sendo um claro produto do seu tempo, já era moldado pelo feminismo e libertação sexual dos anos 60, The Fall of the Roman Empire mesmo sendo posterior, ainda estava preso nos anos 50 e passa a imagem de ser mais antiquado do que realmente é, o que se calhar explica parte do desinteresse popular.

De qualquer das formas, para quem procurar uma representação gloriosa do que era o cinema durante esta época, este é um excelente exemplo, para quem se interessar pela parte histórica, como porta de entrada para este período de Roma até que não mau (muito mais factual do que Gladiator). Quem apenas se interessar por um bom filme, ponto, o remake do Ridley Scott é bem melhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: