Videodrome – Experiência Alucinante [1983]

Entramos na década de 80 com mais um filme Cronenberg que tem sido presença relativamente assídua nestas maratonas. Da sua época dourada já vos falei de The Brood, Scanners e The Fly, se o ultimo é um dos meus filmes de terror favoritos, já o mesmo não posso dizer dos seus outros dois, quer dizer, não desgosto, mas não acho que sejam nada por aí além.

Nunca tinha visto Videodrome, mas tendo sido feito precisamente entre The Brood e Scanners tinha algum receio de que sofresse de alguns dos males dos seus irmãos, mas felizmente este pesadelo sci-fi é bastante melhor que as suas outras tentativas da época, e é por algumas razões especificas.

Uma delas é sem duvida a presença dum protagonista carismático que consegue segurar o filme sozinho quando assim é preciso, James Woods é um excelente actor e tem uma enorme presença, algo que claramente faltava em The Brood e Scanners que tinham protagonistas demasiado insossos e aborrecidos.

E claro, todo o imaginário alucinatório e surreal de Videodrome empresta toda uma camada de complexidade e profundidade ao filme, mais não seja pelos visuais excêntricos que casam na perfeição com a temática da fusão entre a realidade, a imaginação e a tecnologia, algo que Cronenberg viria de certa forma a reutilizar em eXistenZ, nesse caso na forma como os videojogos se mesclam na nossa realidade.

Em Videodrome é a televisão e os seus excessos que mergulham o protagonista e o espectador num pesadelo de alucinações ao ponto de torna-lo numa espécie de autómato sem livre arbítrio e à mercê dos caprichos tecnológicos de terceiros, usando o escape da violência e do sexo extremo. É uma temática que pessoalmente acho fascinante e que empresta algumas ideias de obras como A Clockwork Orange por exemplo, que como sabem sou um fã incondicional.

A meu ver o final foi um pouco abrupto demais e porventura o filme ganharia com mais alguns minutos em cima, mas de qualquer das formas acabei por gostar bastante, bem mais que os anteriores filmes que tinha visto do Cronenberg.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: