It Comes at Night [2017]

“Nothing Comes at Night”, “It Doesn’t Come at Night” e por ai fora. É difícil fugir às piadas em relação a It Comes at Night, reza a lenda que nada realmente acontece, que é um filme parado e nada vem realmente de noite. É o pouquíssimo que conhecia deste filme que vem sendo muito bem recebido por quem gosta de bom cinema, razão porque decidi arriscar e colocar aqui na maratona.

Acho que saber que “nada acontecia” foi o melhor que me podia ter acontecido antes de o ver, porque todas as minhas atenções viraram-se não para o desfecho, mas para toda a viagem, e que viagem! It Comes at Night é um tremendo exercício de construção ambiental e atmosférica, meticulosamente montado para criar no espectador aquele desconforto e apreensão que o isolamento e a paranóia trazem, muito na onda do magnifico The Witch do ano passado.

Tudo isto reflecte-se perfeitamente no grupo de protagonistas, em especial no jovem Kelvin Harrison Jr. que tem aqui um papelão e uma personagem riquíssima, mergulhada numa angustia e inquietação tão contida e refreada que consegue arrastar-nos para dentro daquela casa labirintica e envolta na escuridão. É ele a ponte entre a frieza da angustia onde aquele mundo está mergulhado e o espectador, o seu percurso como personagem está perfeito.

E o filme acaba por espelhar isso mesmo, é extremamente contido mas sem nunca se desligar do que quer mostrar, que é um pesadelo de sobrevivência, confiança e paranóia. As curtas sequências em que o protagonista tem os seus pesadelos é porventura a representação de pesadelos mais realistas que já vi num filme, são extremamente reais, mas ao mesmo tempo com sinais de que algo não está certo, numa claustrofobia quase hipnótica.

Portanto, não há aqui serial killers de machado na mão, monstros sobrenaturais ou animais raivosos a vir atacar pessoal de noite. O que aqui há é uma visão niilista dum mundo cujo único destino é a eventual morte. E é essa extrema e cruel frieza que tornam It Comes at Night um dos filmes mais desconfortáveis do ano.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: