F1 2017 [2017]

 

O F1 2018 acabou de sair à coisa de dias, portanto vou vos falar… da versão do ano passado… yeah…

Há uns meses a Codemasters ofereceu o F1 2015, fui buscá-lo porque jogos de borla nunca são demais e experimentei. Já não pegava num F1 da Codemasters desde… deixa ver… F1 2012. Nunca fui muito fã deles e para ser sincero o F1 2015 também não foi nada de especial. Mas, e com a actual época de F1 em andamento, fiquei com aquele bichinho para experimentar a mais recente entrada da série na altura que pelo que me lembrava tinha sido muito bem recebido. Apanhei-o a um bom preço e aqui estou.

E é bom, muito melhor que qualquer outro jogo da série e pela primeira vez nesta série senti-me realmente envolvido no modo carreira onde somos obrigados a gerir quase tudo, desde motores (que têm de aguentar 4 corridas), caixas, fazer e escolher upgrades (até tem uma árvore tecnológica!) e tudo isto fora dos fins de semana de corridas. Mal entramos num dos fins de semana há uma série de factores que vêm ao de cima como gerir combustível, pneus e pequenos desafios durante as três sessões de treino que tornam todo o processo genuinamente  interessante e uma excelente forma de aprender os circuitos e o comportamento do carro. E ainda nem chegamos às corridas!

O comportamento do carro é obviamente “simcady”, mas bem mais realista do que nos jogos anteriores, dá para ter uma noção da transferência de forças, o force feedback passa bem a sensação da tracção das rodas e… é divertido. É gratificante fazer corridas a 100% sem quaisquer ajudas, no final sinto-me sempre completamente partido, esgotado e com a sensação de que passei um bom tempo.

Em termos técnicos está a um bom nível e felizmente já não tem aquele filtro horrivel que tornava a imagem amarelada, o mítico piss filter, o que por si só seria um melhoramento em relação aos outros F1 que joguei. A IA é também um tremendo salto qualitativo, ainda para mais para quem andava habituado a fazer corridas no Assetto Corsa. Encontrarão alguns carros clássicos, o que é sempre bem vindo, mas que honestamente não encaixam lá muito bem aqui, mais não seja por não ter também circuitos clássicos.

E pronto, duma forma geral F1 2017 é um enorme salto qualitativo em relação ao resto da série e provavelmente um dos melhores jogos exclusivamente focados na F1 desde os tempos do Grand Prix 4 e F1 Challenge 99-02. Aguardo com alguma expectativa a versão de 2018, mas que pelo andar da carruagem só vou jogar quando estiver para sair o de 2019.

Positivo:
+ Modo carreira.
+ Condução.

Negativo:
– Carros clássicos sem circuitos clássicos.
– São jogos anuais que morrem quando sai a nova versão..

Tempo de Jogo: 25 horas.

Sai do templ… do PixelHunt com:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: