…E tu vivrai nel terrore! L’aldilà – As sete portas do inferno [1981]

 

Dos chamados mestres italianos do terror, de entre os quais se destacam Argento, Bava e Fulci, este ultimo sempre foi o que menos consegui gostar, nenhum dos seus filmes (que vi) posso dizer que tenha gostado. Não sei bem porquê, mas o seu típico estilo de realização não encaixa bem comigo.

Pode ser só dos filmes que vi, mas todos eles são visualmente bem… feios e sujos, não sei explicar, mas aproximam-se mais dum look pseudo-realista quase documental na sua crueza, do que da sensibilidade artística dos seus colegas italianos. E isto não é uma crítica, para muita gente este despretensiosismo até é melhor, mas para mim, nem por isso. Bom, mas em relação a …E tu vivrai nel terrore! L’aldilà (passarei a chamá-lo apenas de L’aldilà) mais conhecido talvez pelo seu titulo americano, The Beyond, que tal?

Pois, para ser sincero, não gostei. No que Fulci é conhecido, as elaboradas cenas de gore, não desilude e são boas no quão ridículas e over the top que são, mas em quase tudo o resto… não me conquistou. Gostei do ambiente quase saído dum pesadelo onde as coisas não têm muito sentido continuidade, como se os protagonistas estivessem dentro do mundo duma qualquer sequência de sonho dum A Nightmare in Elm Street, mas a história em si é desconexa, há saltos temporais inexplicáveis e tudo isso prejudica a forma como o filme flui. Dá aquela sensação que é tudo uma compilação de cenas mal montadas, apenas como desculpa para mostrar as espectaculares cenas de gore. É vazio e superficial e não posso ignorar isso.

Para complementar, todos os actores parecem amadores, a dobragem é má, as actuações exageradas e plásticas e também eles só lá estão para servir as cenas de gore, nada mais. Uma desilusão.

O Melhor: As espectaculares e elaboradas cenas de gore que são um portento técnico e o excelente trabalho de caracterização. A atmosfera etérea de pesadelo.

O Pior: História, edição, narrativa desconexa e personagens completamente sem vida ou interesse.

A melhor cena: Qualquer uma das elaboradas e tecnicamente impressionantes cenas de morte, talvez a cena das tarântulas que é bem nojenta e cómica de tão ridícula e exagerada que é.

Veredicto: Por mais que tente, não consigo gostar lá muito dos filmes do Fulci, e L’aldilà não foge à regra. Sem grande sentido, feio em termos visuais e povoado por gente sem interesse, é um filme que, à semelhança de Zombi, só se salva pela espectaculares e exageradas cenas de gore.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: