Halloween [2018]

Só um sucinto background na minha relação com o Halloween. Só vi o original e nenhuma das sequelas, embora conheça as histórias e algumas cenas. Nunca gostei assim muito de slashers e, mesmo sendo um dos melhores desse sub-género, Halloween nunca foi um filme que despertasse grandes paixões em mim, portanto fui para esta nova sequela assim meio desinteressado e com as expectativas em cheque.

O melhor: Consegue captar o mesmo feel do original, mantendo-se surpreendentemente  sóbrio e reservado, resistindo aos impulsos para abandalhar as coisas. A forma como inverte papéis no final, onde Jamie Lee Curtis eleva-se para algo mais que uma mera sobrevivente.

O Pior: A personagem do Loomis 2.0 e a toda a história à sua volta. O seu “twist” é o ponto mais baixo do filme.

Melhor cena: Na noite de Halloween quando o Michael Myers começa a matança lá no bairro, tudo num longo plano sequência. Good stuff.

Veredicto: É melhor do que se estava à espera e funciona bastante bem como sequela directa do original e também como encerramento de saga. Só espero que não façam mais sequelas (lol sure). Acaba no entanto por ser previsível e, no meio do terror moderno, apenas mais um no meio de tantos. Halloween hoje em dia já não é muito relevante e não causa o impacto que o original teve no seu dia e durante os anos 80.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: