First Reformed – No Coração da Escuridão [2017]

Vou ser sincero, não conheço muito trabalho do Paul Schrader para além das colaborações com o Martin Scorsese como argumentista, o único trabalho como realizador que vi foi o remake do Cat People que, embora até tenha gostado, não é nada de especial. No entanto, este First Reformed foi tão bem recebido que foi dos primeiros escolhidos para a minha habitual maratona de final de ano.

Assim à primeira vista, First Reformed tinha mesmo aspecto de ser para mim, e de facto encaixa que nem uma luva nos meus gostos, pausado, atmosférico, reflectivo, controlado, movido por boa escrita e, como bónus, um olhar sobre a fé e religião que, como ateu que sou, é sempre um tema muito interessante para mim.

A atmosfera e as interpretações por si só tornariam First Reformed num dos melhores filmes do ano, mas é o argumento e a escrita do Paul Schrader que realmente eleva o filme para algo mais especial do que aparenta. A forma e velocidade como 2 horas de filme passaram, quase só alicerçado pela sua escrita é algo digno de nota e que merece ser louvado. Para abrilhantar, Ethan Hawk tem aqui uma fantástica prestação, certamente será a melhor da sua carreira, o que diz muito, não fosse ele um dos melhores actores da sua geração.

First Reformed é um dos meus filmes favoritos do ano, aliás deverá ser o meu “não terror” favorito desde Silence de 2016.

O melhor: Ethan Hawke numa prestação carregada de controle, sobriedade e muita contenção interna. O maravilhoso argumento e diálogos.

O Pior: Gostava de ter visto uma radicalização ideológica um pouco mais gradual por parte do protagonista.

Melhor cena: Tem de ser aquele momento intimo entre o Ethan e a Amanda onde ambos “levantam voô”.

Veredicto: É um excelente filme, mas acima de tudo um exemplo de como o cinema pode ser também um veiculo de magnifica escrita, e nisso há que tirar o chapéu ao Paul Schrader. Mesmo que visualmente fosse um lixo (e não é, claro, longe disso) o guião, por si só, elevaria First Reformed para os mesmo vôos..

Originalmente de 2017, estreou em Portugal em 2018.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: