You Were Never Really Here – Nunca Estiveste Aqui [2017]

Ah… final de ano, altura de fazer tops e consequentemente passar o tempo a ver tudo o que foi lançado nos últimos 12 meses. Obviamente que não tenho tempo para ver tudo o que gostaria, portanto terei que me focar naqueles filmes que parecem mesmo a minha cara e e este You Were Never Really Here é um desses filmes.

Felizmente acertei na mouche porque esta foi uma boa experiência, especialmente na forma como usa os habituais clichés deste tipo de filmes e subverte o que o espectador espera, sim porque pelo material de promoção isto grita John Wick por todos os lados, mas felizmente é bem mais que isso (e eu gosto de John Wick, atenção) porque retrata o protagonista não como um assassino profissional, mas sim um humano real com problemas, defeitos e que erra nas suas escolhas, e logo ai é muito mais refrescante!

Em termos artísticos e técnicos não há nada a apontar, não conheço o anterior trabalho da Lynne Ramsay, do qual se destaca o muito bem recebido We Need to Talk About Kevin (e que agora ganhei um redobrado interesse) mas só por aqui é óbvio que é muito talentosa em termos visuais.

O melhor: A realização de Lynne Ramsay e direcção de fotografia. A personagem do Joaquim Phoenix que não é retratado como um assassino profissional mas sim como um humano real que por acaso é um assassino e é moldado pelos seus problemas mentais como o stress pós-traumático e compulsões suicidas. A forma como a violência não é mostrada, mas subentendida, no entanto não menos perturbadora.

O Pior: Não há muito a apontar, até porque o que faz com a premissa é exemplificativo do talento da Lynne Ramsay, mas a premissa é um bocado simples e batida demais, se bem que essa familiaridade é muito bem usada para subverter as expectativas. Bom, se calhar não tenho nada a apontar então 😀

Melhor cena: Há várias, mas a cena do lago destaca-se pela positiva. Excelente fotografia e composição.

Veredicto: Um bom filme que alia na perfeição a subtileza dum filme artístico com a aura dum filme de acção de massas, sem nunca cair para um dos campos.

Originalmente de 2017, estreou em Portugal em 2018

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: