Everybody’s Gone to the Rapture [2015]

Como sabem sou um grande, grande fã de Dear Esther. É uma das minhas experiências interactivas favoritas e marcou uma mudança nos meus gostos “videojogáveis”. Everybody’s Gone to the Rapture é o seu sucessor espiritual e em quase todos os aspectos é como um Dear Esther 2.0, portanto, mesmo não tendo tido em mim o mesmo impacto do já mencionado antecessor, posso dizer que gostei bastante.

Os visuais são simplesmente magníficos, bem como o voice acting, a muito intrigante história e a FANTÁSTICA musica, mas não posso deixar passar o elefante no quarto, que é a velocidade do movimento. É simplesmente atroz e um detrimento ao próprio jogo, já que desencoraja a exploração que é, basicamente, o coração de toda a experiência. Se por acaso encontrarem um mod ou um hack para aumentar a velocidade, por favor usem-no.

O melhor: A exploração dum mundo com visuais arrebatadores que, mesmo desabitado, transmite uma presença fantasmagórica e nostálgica de memórias ausentes. O voice acting, o puzzle narrativo que é a história e a banda sonora.

O Pior: A velocidade do movimento, é muuiittoo leennttoooo.

Melhor momento: A transição entre o capitulo da Wendy e do Frank fez-me soltar um uau! ❤

Veredicto: Um digno sucessor de Dear Esther. É maior e mais ambicioso em todos os aspectos, no entanto falta-lhe a simplicidade espartana e a novidade do seu antecessor.

 

Tempo de Jogo: 5 horas.

Sai do templ… do PixelHunt com:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: