Top 10 Filmes Terror #2 Décadas 40 e 50

Como é amigos do coração? É sexta-feira, fazemos mais uma pausa nos filmes da Maratona Terror para mais um top 10 de filmes de terror, desta vez das décadas de 40 e 50. Podem ver o top das décadas anteriores AQUI.

 

 

10 – The Body Snatcher [1945]

Protagonizado por dois dos maiores ícones do género, Boris Karloff e Bela Lugosi e realizado por um dos meus realizadores favoritos, Robert Wise, aqui em inicio de carreira. Os pontos positivos resumem-se essencialmente à boa atmosfera gótica e ao fantástico desempenho do Boris Karloff, numa das suas melhores prestações e que rouba por completo o protagonismo ao resto de elenco.

 

 

 

 

 

9 – The Thing from Another World [1951]

Hoje em dia é porventura mais conhecido por ser a fonte de inspiração para o The Thing do Carpenter (aliás ambos são adaptações do mesmo livro), mas este é um clássico que aguentou bem o teste do tempo e mantêm-se como um dos exemplos máximos do género. A raiz da sua história é bastante básica, mas foi uma fonte de inspiração para muitos filmes posteriores desde It! The Terror from Beyond Space até Alien e claro o The Thing. Nota-se muitas influencias de H. P. Lovecraft, em especial do seu At the Mountains of Madness.

 

 

 

 

 

8 – The Wolf Man [1941]

O ultimo hurrah da Universal clássica que por esta altura já começava a perder popularidade. Comparando com os outros clássicos de monstros da Universal, o The Wolf Man é dos menos teatrais em termos de interpretações, o que é óptimo, mas o ponto forte é de longe o ambiente com aqueles cenários cheios de nevoeiro. Acho que o filme teria resultado melhor se o monstro não fosse revelado tão cedo, era interessante deixar o espectador na duvida, se o Lon Chaney Jr. seria mesmo um lobisomem, ou estaria a ficar psicologicamente perturbado.

 

 

 

 

 

7 – The Curse of Frankenstein [1957]

É um Frankenstein muito diferente do que vimos na versão da Universal, aí Henry Frankenstein era um homem arrependido dos erros que tinha feito e com o qual o espectador simpatizava (aliás, como no livro), pelo contrário aqui Peter Cushing (ele está incrível) interpreta-o como um louco violento que não tem problemas em fazer tudo (até matar) para atingir os seus fins. Resumindo, este Frankenstein é um enorme filho da mãe!

 

 

 

 

6 – Gojira [1954]

O filme em si curiosamente foca-se mais nos humanos do que no monstro (situação que se inverterá ao longo da série) e Godzilla praticamente não tem qualquer tempo de antena até aos últimos 40 minutos. Inevitavelmente o filme explode (literalmente lol ) quando ele aparece e podemos ver os excelentes e criativos efeitos visuais, essencialmente à base de miniaturas. Sim hoje em dia podem ser falsos e até cómicos, mas para a altura eram efeitos fantásticos.

 

 

 

 

 

5 – Invasion of the Body Snatchers [1956]

Um dos melhores híbridos de terror e ficção cientifica, Invasion of the Body Snatchers (e a sua versão dos anos 70) são dos melhores filmes de terror psicológico e dos efeitos da paranóia. Há uma parte que é bastante assustadora para mim, quando TODA a cidade persegue o duo protagonista noite fora, acreditem ou não costumo ter pesadelos semelhantes de tempos a tempos, mas o mais desconfortável, e isso é mais claro na primeira parte do filme antes das revelações, é a duvida do que é ou não real, se são apenas construções da nossa mente ou realidade. O filme mexe muito bem nisso e brinca brilhantemente com o protagonista.

 

 

 

 

4 – The Fly [1958]

Uma das maiores diferenças entre esta mosca e dos anos 80 é a forma como se dá a transformação do protagonista. Se na versão do Cronenberg o espectador segue a lenta e terrível transformação do Seth Brundle ao longo do filme, aqui ela dá-se instantaneamente e o grande momento é a revelação da sua cara. E que momento esse! Sem duvida a melhor cena do filme e arrisco mesmo dizer das melhores do cinema de terror. Tão memorável e tão creepy! A transformação é essencialmente mental, a cada dia que passa a personalidade da mosca vai-se tornando cada vez mais forte. É uma ideia genuinamente assustadora pensar perder a nossa consciência para algo inumano.

 

 

 

 

 

 

3 – Dracula [1958]

Em 1958 os britânicos da Hammer trouxeram um Dracula muito diferente do que Bela Lugosi nos tinha mostrado, Christopher Lee é muito mais ameaçador, selvagem e furioso do que alguma vez se tinha visto e tornou-se num dos maiores ícones do cinema de terror. É o ponto alto do triunvirato da Hammer, ou seja Christopher Lee, Peter Cushing e Terrence Fisher, e que vieram a reinar a década seguinte.

 

 

 

 

2 – Les Diaboliques [1955]

Les Diaboliques é acima de tudo um thriller de suspense muito “Hitchcockiano” na medida em que há sempre uma tensão no ar, um segredo que acompanha todo o filme e que move as personagens. Aqui o grande segredo e mistério roda à volta dum assassinato cometido por duas mulheres, a esposa e a amante da vítima. O plano corre bem, mas a certo ponto o corpo simplesmente desaparece sem deixar rasto. O filme termina com um excelente twist, muito bem pensado… ou melhor termina com um duplo twist, sendo que o ultimo é quase um piscar de olho ao espectador. É curioso que após o final, surge uma mensagem ao espectador a pedir para que não divulgue o final a pessoas que ainda não viram o filme.

 

 

 

 

1 – Cat People [1942]

Exemplo máximo dos filmes que saíram na altura produzidos pela RKO e Val Lewton. O grande ponto forte de Cat People está na duvida constante se Irena realmente se transforma numa perigosa pantera ou se está tudo na sua imaginação, e também nos (revolucionários) momentos de tensão que são magistralmente montados seguindo à risca a máxima de que o que não se vê é mais assustador. Grande parte dessas cenas são conduzidas pelo som e sombras, obrigando o espectador a tentar imaginar o que está a acontecer. Brilhante!

 

Comments
2 Responses to “Top 10 Filmes Terror #2 Décadas 40 e 50”
  1. Alvaro Banaco diz:

    Gosto destes tops. Simples e com o toque do “gif”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: