Doctor Sleep – Doutor Sono [2019]

O melhor: O Ewan Mcgregor e sua interpretação dum Danny adulto cuja história pessoal é a parte mais interessante do filme. Achei genuinamente intrigante e até comovente a forma como ele lidou com um passado traumático e usou essa luta de forma positiva e altruísta lá no hospital. Essa deveria ter sido a história central do filme. A Rebecca Ferguson é uma boa vilã em termos de presença, visual e atitude. É boa actriz, gostei de a ver em todos os filmes onde a vi.

O Pior: Tudo o que toca, liga ou faz lembrar o The Shinning do Kubrick, hotel e actores “de imitação” incluídos. Nem chega a ser homenagem, é a morte criativa dum filme que opta usar o clássico como uma muleta, perdendo qualquer identidade própria com medo de não atrair o espectador. Ao contrário do filme do Kubrick aqui não há qualquer espaço para a subjectividade ou ambiguidade, tudo é explicado e mostrado no sentido mais literal possível, não havendo espaço para o mistério.

Melhor cena: Nada de espectacular ou muito intenso, mas a melhor parte do filme, para mim, foi quando o Ewan está com o velhote que sabe que está para morrer e juntos conversam e aceitam a ideia da mortalidade.

Veredicto: Uma desilusão para quem ia à espera de algo especial, o que não era certamente o meu caso. Se há filme ou história que para mim não precisaria de uma sequela, The Shining figura lá bem no topo e Doctor Sleep mostra isso mesmo. Não sei se o livro do Stephen King é substancialmente superior, mas esta adaptação é, na minha opinião, desnecessária.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: