El Hoyo – A Plataforma [2020]

O melhor: O conceito é muito interessante e perturbador. A fotografia e trabalho de câmera é bastante bom tendo em conta os reduzidos espaços e a constante repetição de cenários.

O Pior: O mal destes filmes que se debruçam exclusivamente num conceito assim tão abstracto é que não há muito por onde pegar passando esse mesmo conceito. Acaba por ser uma faca de dois gumes porque faz bem a única coisa que apresenta, mas não vai mais além que isso.

Melhor cena: A mais memorável e que me causou mais ansiedade é quando o protagonista é preso pelo seu companheiro de cela ameaçando-o de… canibalismo.

Veredicto: É ficção cientifica com laivos de filosofia niilista um pouco na onda do clássico Cube, aliás são “filmes-conceito” com muitas similaridades. Manteve-me sempre muito interessado até final, muito porque eu estava sempre curioso para descobrir como seria a experiência nos diferentes tipos níveis, mas no final das contas fiquei com a sensação de que a montanha pariu um rato e que ficou aquém do potencial.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: