The Irishman – O Irlandês [2019]

O melhor: O elenco estratosférico, em especial Joe Pesci que tem aqui um registo bem diferente do que nos habituámos a ver nos seus filmes do Scorsese, mais contido e calculista. De Niro e Al Pacino felizmente dão-se ao trabalho de nos dar boas interpretações e nota-se que não estão ali apenas para o cheque. … Continuar a ler

Joker [2019]

O melhor: É difícil não dizer Joaquin Phoenix, ele é de longe o melhor do filme e o que segura os frágeis alicerces dum filme que sem ele desmoronaria. O Pior: O filme é duma frieza e desconexão gritante e no final das contas é pouco mais que uma colagem de cenas bonitas mas com … Continuar a ler

Gisaengchung – Parasita [2019]

O melhor: A realização é um autêntico tour de force de Bong Joon Ho que demonstra uma completa segurança, mestria e conhecimento da linguagem cinematográfica na forma como a camera se move e é posicionada. O oscar de realização está entregue. O filme é uma constante caixinha de surpresas e está constantemente a surpreender na … Continuar a ler

Portrait de la jeune fille en feu – Portrait of a Lady on Fire [2019]

Só um pequeno resumo da premissa porque isto não propriamente um Star Wars onde todos sabem ao que vão. Nos finais do século XVIII uma jovem e talentosa pintora é contratada pela senhora duma casa aristocrática numa remota ilha francesa para pintar o retrato da sua filha, que está prometida para casar com um aristocrata … Continuar a ler

The Lighthouse – O Farol [2019]

O melhor: A espectacular atenção ao detalhe e o irrepreensivel realismo histórico (que Eggers já nos tinha habituado no The Witch) misturado com muito imaginário e mitologia náutica e marinha. Dafoe e Pattinson estão absolutamente incriveis. A lindissima fotografia a preto e branco que dá ao filme toda uma atmosfera de dread e ansiedade. O … Continuar a ler

The Witcher – 1ª Temporada [2019]

O melhor: O elenco principal e em especial as interacções entre o Geralt e a Yennefer e o Geralt e o Jaskier, spot on, e é o que mais esperança me dá para o futuro da série. A banda sonora é muito boa, em especial as canções que já são muito populares nas internetes. Embora a … Continuar a ler

In Fabric [2018]

O melhor: O look e atmosfera directamente influenciada pelos giallo, especialmente no jogo de cores berrantes dos filmes do Bava e do Argento. A Miss Luckmoore é uma das vilãs mais interessantes e bem construidas em termos puramente visuais e comportamentais. Os diálogos rebuscados e as situações ridículas ditas de forma 100% sérias emprestam ao … Continuar a ler

Ready or Not – O Ritual [2019]

O melhor: A premissa mirabolante apimentada por uma comédia negra despretensiosa e uma subversão das expectativas. Ao contrário dos tradicionais filmes de stalking ou home invasion, aqui os vilões são burros e cometem erros normais de pessoas normais. Não encontrarão vilões com planos sobrenaturais sempre um passo à frente do herói. Todos os personagens têm … Continuar a ler

Doctor Sleep – Doutor Sono [2019]

O melhor: O Ewan Mcgregor e sua interpretação dum Danny adulto cuja história pessoal é a parte mais interessante do filme. Achei genuinamente intrigante e até comovente a forma como ele lidou com um passado traumático e usou essa luta de forma positiva e altruísta lá no hospital. Essa deveria ter sido a história central … Continuar a ler

It Chapter Two – It: Capitulo 2 [2019]

Vou-vos ser sincero, vi-o na estreia, há já coisa dum mês, portanto há muita coisa que já nem me lembro, uma triste realidade que acaba ser o reflexo de que não gostei do que vi e que já o apaguei, nem que seja involuntariamente, da minha memória. Não desgostei da primeira parte, o elenco de … Continuar a ler

Midsommar – O Ritual [2019]

Caminhamos a passos largos para o final desta Maratona Terror com o novo filme de Ari Aster que nos trouxe no ano passado o fantástico Hereditary. Vi-o na passada edição do MotelX portanto já tive um mesito para o digerir e devo dizer que acabou por estar ao nível das minhas elevadas expectativas. Escolhi propositadamente … Continuar a ler

Revenge – Vendeta [2017]

Muito honestamente não sou muito conhecedor do sub-género normalmente chamado de rape revenge, vi em tempos alguns dos clássicos como o Last House on the Left mas pouco mais. Não é por evitar ou por achar um género inferior (longe disso, gosto de exploitation) mas simplesmente sempre me passou um pouco ao lado. Conheço, no … Continuar a ler

Ghost Stories – Noites de Terror [2017]

Não confundir com o A Ghost Story que está aqui na minha lista de filmes para ver. O britânico Ghost Stories é uma adaptação duma peça de teatro com o mesmo nome e interpretado por muitos dos mesmo actores, o que é positivo porque ninguém conhecerá melhor as personagens do que eles. Ghost Stories é … Continuar a ler

A Girl Walks Alone at Night – Uma Rapariga Regressa de Noite Sozinha a Casa [2014]

Uma maratona terror do Pixelhunt não poderia existir sem um filme moderno todo artsy e pipi, portanto aqui está este A Girl Walks Alone at Night. Escolhi-o essencialmente porque admiro bastante a cultura e história persa que, mesmo estando sobre o jugo da teocracia islâmica actual, é muito rica, original e interessante. É verdade que … Continuar a ler

Kill List – Uma Lista a Abater [2011]

Entramos de rompante no século XXI com o primeiro duma série de filmes recentes, porque as Maratonas Terror não são só para filmes clássicos. Admito que nunca tinha ouvido falar de Kill List, conheci-o através do canal do Ryan Hollinger que, já agora, aconselho e já me tinha dado a descobrir um dos meus filmes … Continuar a ler

Troll 2 [1990]

Infamemente conhecido como o best worst movie, Troll 2 (ao bom estilo do Zombi 2 do Fulci em nada relacionado com o Troll original) sempre me despertou o interesse porque gosto muito de comédias involuntárias e maus filmes que com o seu charme conseguem dar a volta às suas limitações, exemplo The Room. E de … Continuar a ler

The Blob – Outra Forma de Terror [1988]

Já por aqui passou em tempos o The Blob original com o Steve Mcqueen que é uma charmosa janela para os anos 50, mas que sejamos sinceros não é um portento. Também não se pode dizer que este remake de 1988 o seja, mas de forma geral é um substancial upgrade em quase todos os … Continuar a ler

Spoorloos – O homem que queria saber [1988]

Regressamos à Europa em plenos anos 80, mais precisamente à Holanda para um filme que não classificaria facilmente de terror como género, embora esteja carregado de elementos e temáticas de puro terror. Spoorloos (que aparentemente teve um remake americano poucos anos depois) conta a história de um casal de namorados holandeses durante a sua viagem … Continuar a ler

Hausu [1977]

Perdoem-me a longa pausa de vários dias, é que deixei as férias e o maldito do trabalho sobrepôs-se aos momentos de lazer 😦 Ultimo filme da década de 70, viajamos para terras nipónicas com este Hausu que… mesmo sem ter terminado a maratona, digo desde já que é o filme mais… alternativo da lista. E … Continuar a ler

Black Christmas – Férias Assombradas [1974]

  Parece que vai estrear aí um remake do Black Christmas, portanto decidi ver o original 😀 Quem me conhece sabe que não gosto particularmente de slashers tradicionais, para mim é dos sub-géneros mais desinspirados, clichés e sobrevalorizados, e todos os Pesadelos em Elm Street, Sexta-Feira 13, Halloween e companhia não me atraem. Contudo, também … Continuar a ler

The Blood On Satan’s Claw – O Estigma de Satanás [1971]

De regresso ao folk horror com a segunda parte da trilogia espiritual não oficial que veio a cimentar o sub-género na década de 70. The Blood On Satan’s Claw partilha inúmeras semelhanças com o Witchfinder General, no entanto, opta por apresentar a ameaça duma forma oposta. Se em em Witchfinder General  a bruxaria não é … Continuar a ler

Il rosso segno della follia – O Alerta Vermelho da Loucura [1970]

Uma pausa no folk horror para regressar a Mario Bava e aos seus giallo. Muito honestamente não conhecia este Il rosso segno della follia (ou Hatchet for the Honeymoon em inglês) e nem sei porque o escolhi, mas pelo que tenho lido é realmente considerado como uma obra menor da sua filmografia, ou pelo menos … Continuar a ler

Witchfinder General – O Caçador de Bruxas [1968]

Regressamos aos filmes da maratona com o primeiro exemplo do chamado folk horror da lista. Witchfinder General é normalmente denominado como um dos três grandes exemplos desse sub-género, sendo que Blood on Satan’s Claw (que vai passar por aqui nos próximos dias) e The Wicker Man compõem o resto do triunvirato. Mas, e o que … Continuar a ler

Vargtimmen – A Hora do Lobo [1968]

A beleza destas maratonas é que tão rapidamente estou a ver uma deliciosa patetice da Hammer em que andam a trocar cérebros, como dias mais tarde calha-me cenas artísticas e surrealistas de pessoal tipo o Ingmar Bergman. E é precisamente esse o caso hoje. Dos grandes mestres do cinema, o Bergman deve ser dos poucos … Continuar a ler

Frankenstein Created Woman – Frankenstein criou uma mulher [1967]

Pensavam que se viam livre do Frankenstein da Hammer? Nope, voltamos para o 4º filme mas ficamos por aqui para já, para o ano há mais. Pois bem, se bem se lembram The Evil of Frankenstein foi uma valente desilusão para mim, contudo, digo já que Frankenstein Created Woman  é um relativo bom regresso, e … Continuar a ler