Black Christmas – Férias Assombradas [1974]

  Parece que vai estrear aí um remake do Black Christmas, portanto decidi ver o original 😀 Quem me conhece sabe que não gosto particularmente de slashers tradicionais, para mim é dos sub-géneros mais desinspirados, clichés e sobrevalorizados, e todos os Pesadelos em Elm Street, Sexta-Feira 13, Halloween e companhia não me atraem. Contudo, também … Continuar a ler

The Blood On Satan’s Claw – O Estigma de Satanás [1971]

De regresso ao folk horror com a segunda parte da trilogia espiritual não oficial que veio a cimentar o sub-género na década de 70. The Blood On Satan’s Claw partilha inúmeras semelhanças com o Witchfinder General, no entanto, opta por apresentar a ameaça duma forma oposta. Se em em Witchfinder General  a bruxaria não é … Continuar a ler

Il rosso segno della follia – O Alerta Vermelho da Loucura [1970]

Uma pausa no folk horror para regressar a Mario Bava e aos seus giallo. Muito honestamente não conhecia este Il rosso segno della follia (ou Hatchet for the Honeymoon em inglês) e nem sei porque o escolhi, mas pelo que tenho lido é realmente considerado como uma obra menor da sua filmografia, ou pelo menos … Continuar a ler

Witchfinder General – O Caçador de Bruxas [1968]

Regressamos aos filmes da maratona com o primeiro exemplo do chamado folk horror da lista. Witchfinder General é normalmente denominado como um dos três grandes exemplos desse sub-género, sendo que Blood on Satan’s Claw (que vai passar por aqui nos próximos dias) e The Wicker Man compõem o resto do triunvirato. Mas, e o que … Continuar a ler

Top 10 Filmes Terror #2 Décadas 40 e 50

Como é amigos do coração? É sexta-feira, fazemos mais uma pausa nos filmes da Maratona Terror para mais um top 10 de filmes de terror, desta vez das décadas de 40 e 50. Podem ver o top das décadas anteriores AQUI.     10 – The Body Snatcher [1945] Protagonizado por dois dos maiores ícones … Continuar a ler

Vargtimmen – A Hora do Lobo [1968]

A beleza destas maratonas é que tão rapidamente estou a ver uma deliciosa patetice da Hammer em que andam a trocar cérebros, como dias mais tarde calha-me cenas artísticas e surrealistas de pessoal tipo o Ingmar Bergman. E é precisamente esse o caso hoje. Dos grandes mestres do cinema, o Bergman deve ser dos poucos … Continuar a ler

Frankenstein Created Woman – Frankenstein criou uma mulher [1967]

Pensavam que se viam livre do Frankenstein da Hammer? Nope, voltamos para o 4º filme mas ficamos por aqui para já, para o ano há mais. Pois bem, se bem se lembram The Evil of Frankenstein foi uma valente desilusão para mim, contudo, digo já que Frankenstein Created Woman  é um relativo bom regresso, e … Continuar a ler

Terrore nello spazio – O planeta dos vampiros [1965]

Mario Bava está de novo por cá, agora num híbrido de terror e ficção cientifica que tem vindo a ganhar alguma fama por ter sido uma óbvia (embora Dan O’Brien o negasse) inspiração para Alien. E é, tipo claramente, não só nos temas e em parte da premissa, mas até em certas cenas que são … Continuar a ler

The Evil of Frankenstein – A Maldição de Frankenstein [1964]

Voltamos para o UK, para os estúdios da Hammer e para a série Frankenstein, para o terceiro capitulo, The Evil of Frankenstein (fantásticos este títulos). Digo já que foi uma tremenda desilusão depois dos excelentes primeiros capítulos, em especial o The Revenge of Frankenstein que vos falei há uns dias. E é desilusão porque é … Continuar a ler

Sei donne per l’assassino – Seis mulheres para um assassino [1964]

Provavelmente mais conhecido pelo seu nome inglês, Blood and Black Lace, este Sei donne per l’assassino é um dos clássicos do Mario Bava e um dos mais importantes exemplos do giallo Italiano, aliás é um dos primeiros exemplos e um dos que mais influenciou o género no futuro, introduzindo uma série de elementos que passariam a … Continuar a ler

Top 10 Filmes Terror #1 Décadas 20 e 30

Amigos, é o 10º aniversário da Maratona Terror do PixelHunt. Para não parecer que é só mais um ano vamos ter aqui uns bónus todas as semanas até ao final do mês. O meu top 10 de filmes de terror! Mas atenção, dividi isto por épocas, ou melhor por décadas, melhor ainda, pares de décadas. … Continuar a ler

The Revenge of Frankenstein – A Vingança de Frankenstein [1958]

Numa das maratonas passadas passou por aqui o The Curse of Frankenstein que, como bem se recordam, marcou o inicio da época dourada do estúdio britânico da Hammer, que carregou (juntamente com Roger Corman do outro lado do Atlântico) durante duas décadas, o terror gótico clássico às costas. The Revenge of Frankenstein é uma sequela … Continuar a ler

I Walked with a Zombie – A Morta-Viva [1943]

Segundo filme desta 10ª edição da Maratona Terror. Aqui o que salta logo à vista é, claro, o titulo. I Walked With a Zombie remete-nos logo para um qualquer serie b exploitation, no entanto esta é uma obra que, embora seja um serie b de baixo orçamento, tem muito mais semelhanças com os seus irmãos … Continuar a ler

Drácula [1931]

Bem vindos ao inicio desta 10ª edição da Maratona Terror do Pixelhunt. O tempo realmente voa hein? Ainda me lembro do 1º de Outubro de 2010 quando comecei esta aventura com O Gabinete do Doutor Caligari, e desde então já vi quase 150 clássicos de terror. Este ano começamos com um filme repetente, ou mais … Continuar a ler

Maratona Terror 2019

Pensavam que a maratona terror já não voltava? É verdade que a maratona irmã dedicada à ficção cientifica bateu as botas e já não voltou em 2019 (como aliás já tinha avisado na ultima edição) mas a de terror é especial e ainda aqui está. Pois bem, como tradição, Outubro é mês de Maratona Terror … Continuar a ler

Once Upon a Time… in Hollywood – Era uma vez… em Hollywood [2019]

O melhor: O ambiente, a representação dos bastidores de Hollywood e a atenção ao detalhe da década de 60 que é bem óbvio que o Tarantino adora. A personagem Rick Dalton que se junta ao lote de boas criações do Tarantino. O Pior: Acho que lhe falta o cunho de autor, por melhor e mais bem … Continuar a ler

Return of the Obra Dinn [2018]

Papers Please é um dos melhores jogos independentes de sempre e a prova viva de que uma boa ideia é o suficiente para um jogo se tornar cativante sem recursos a combate ou violência (se bem que até havia combate por lá :D). O seu criador, Lucas Pope tinha então uma tarefa inglória de conceber … Continuar a ler

Thronebreaker: The Witcher Tales [2018]

Quem jogou The Witcher 3: Wild Hunt sabe que Gwent é vida, portanto um jogo que mistura o lore do mundo de Sapkowski, a escrita da CD Projekt Red e Gwent? Count me in! Há um jogo stand alone de Gwent, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de o experimentar, até porque um jogo … Continuar a ler

Shadow of the Tomb Raider [2018]

Como já sabem sou um enorme apreciador de Tomb Raider, mas um crítico dos recentes reboots que, infelizmente, têm demasiados problemas fundamentais para poderem ser considerados como bons Tomb Raider. O reboot de 2013 mostrou bastante potencial, mesmo com muitos problemas na sua estrutura, que davam a entender um futuro centrado precisamente neles. Rise of … Continuar a ler

Everybody’s Gone to the Rapture [2015]

Como sabem sou um grande, grande fã de Dear Esther. É uma das minhas experiências interactivas favoritas e marcou uma mudança nos meus gostos “videojogáveis”. Everybody’s Gone to the Rapture é o seu sucessor espiritual e em quase todos os aspectos é como um Dear Esther 2.0, portanto, mesmo não tendo tido em mim o … Continuar a ler

Assassin’s Creed Unity [2014]

Mais um capitulo na minha odisseia pelos jogos da série Assassin’s Creed, que gosto muito de visitar, mas pouco de os jogar 😀 Digo desde logo que esta Paris é uma das melhores cidade que alguma vez vi num jogo. Uma absoluta obra-prima e uma tremenda façanha, é portanto uma pena e desilusão ver como … Continuar a ler

Acabei de jogar… num parágrafo

Olá amiguinhos! Como já repararam tenho andado afastado aqui do PixelHunt, não tenho tido muito tempo nem grande paciência para escrever. Se ainda vou falando de filmes, em termos de jogos a coisa está ainda mais complicada 😀 Decidi ir ao meu backlog de cenas pendentes a ver se coloco a coisa em dia. Isto … Continuar a ler

Avengers: Endgame – Vingadores: Endgame [2019]

O melhor: Termina de forma muito competente e satisfatória uma década de dezenas filmes, na sua maioria medíocres, o que por si só é digno de nota. A versão intelectual do Hulk e a obesa do Thor que são bons twists do que se espera deles. O Pior: A batalha final não consegue ser mais … Continuar a ler

Godzilla: King of the Monsters – Rei dos Monstros [2019]

O melhor: O design dos novos monstros, Mothra, King Ghidorah e Rodan. À semelhança do que tinham feito com o Godzilla em 2014, acertaram na mouche, estão perfeitos. O Pior: Ausência duma narrativa coerente e com sentido, personagens unidimensionais, dialogos atrozes quase exclusivamente compostos por exposição directa. Ao contrário do filme de 2014 e Kong: … Continuar a ler

The Wind [2018]

Tropecei nisto há uns dias aí nos sites de torrents e a premissa até me pareceu interessante. Não estreou por cá (aliás, não estreou em quase lado nenhum no mundo) nem parece estar planeado passar nos nossos cinemas (proximo MotelX, talvez?). Bom, The Wind vem na onda do terror moderno minimalista onde a qualidade tem … Continuar a ler