The Dark Knight Rises – O Cavaleiro das Trevas Renasce [2012]

Sou um fã do Nolan, alguns dos seus filmes em especial o Momento, Prestige e Iception são dos meus favoritos, no entanto os seus Batman nunca me conseguiram conquistar da mesma forma. Sim, são filmes baseados numa visão realista que acaba por ser refrescante entre os filmes de super-herois (actualmente dominados pelos clones dos filmes … Continuar a ler

Contagion – Contágio [2011]

Um filme do qual tinha bastantes expectativas.

Midnight in Paris – Meia-Noite em Paris [2011]

Não sou propriamente um fã do Woody Allen, quer dizer não tenho nada contra ele, aliás um dos meus filmes favoritos é o Match Point, mas não conheço a sua filmografia suficientemente bem para ter uma opinião muito aprofundada dele. Mas conheço e admiro a Marion Cotillard por isso lá fui eu à primeira sessão … Continuar a ler

Les jolies choses [2001]

Estou de volta! E nada melhor que regressar com um filme que vi nesta semana de férias e que vai encerrar definitivamente a breve viagem ao mundo da Marion Cotillard.

Le Dernier Vol [2009]

A vontade de ver mais Marion Cotillard levou-me ao seu ultimo filme francês até à data, de nome Le Dernier Vol (penso que nem chegou a estrear cá). Curiosamente ela contracena com o seu marido Guillaume Canet, que se bem se lembram eram o par do Jeux d’enfants.

A Good Year – Um Ano Especial [2006]

Ok, ok agora sim é o final definitivo da mini-retrospectiva da Marion Cotillard, e acaba com o único filme da sua fase inglesa que ainda não tinha visto, o A Good Year do Ridley Scott.

Un Long Dimanche de Fiançailles – Um Longo Domingo de Noivado [2004]

Apeteceu-me continuar com a minha semana francesa, como tal decidi rever o Um Longo Domingo de Noivado do Jeunet.

La môme – La Vie en Rose [2007]

Para terminar esta pequena pausa na maratona Bond que centrei à volta da Marion Cotillard, nada melhor que ver o filme que a catapultou para a fama mundial, o La Vie en Rose.

Jeux d’enfants – Amor ou Consequência [2003]

Como cheguei a meio da maratona bond, e para ser sincero já estou um bocadinho saturado, decidi fazer uma pausa e ver algo diferente.

Inception – A Origem [2010]

Aha! Já desististe da maratona Bond! Nem conseguiste chegar a metade dos filmes! És um miserável! Sacana! Fracote! Sim é verdade, ontem quebrei a promessa de um Bond por noite, mas foi por uma boa causa, fui ver o Inception!