The Wind [2018]

Tropecei nisto há uns dias aí nos sites de torrents e a premissa até me pareceu interessante. Não estreou por cá (aliás, não estreou em quase lado nenhum no mundo) nem parece estar planeado passar nos nossos cinemas (proximo MotelX, talvez?). Bom, The Wind vem na onda do terror moderno minimalista onde a qualidade tem … Continuar a ler

Pet Sematary – Samitério de Animais [2019]

Ontem falei-vos da versão original de 1989 e hoje está aqui a nova. Era um filme que tinha algumas expectativas porque a história do Stephen King é bastante boa, mas mais uma vez sinto que o potencial foi desperdiçado num filme sem grande ambição, o que é pena. O melhor: Mais uma vez a excelente … Continuar a ler

Pet Sematary – Cemitério Vivo [1989]

O remake, ou se preferirem a nova versão, de Pet Sematary estreou aí há uns dias portanto fui ver… o original que nunca tinha tido a oportunidade de conhecer. Não me vou alongar muito para além dos tradicionais bullet points da praxe. Digo que até gostei, especialmente da história, o resto nem sempre acerta no … Continuar a ler

Us – Nós [2019]

Como é amiguinhos? Já andava desaparecido hein? A realidade é que ando com pouco tempo e o PixelHunt vai ficando para ultimas das prioridades, aliás até me esqueci de fazer um posto sobre o 9º aniversário. E o que me trouxe de volta por uns instantes? O mais recente filme do Jordan Peele que me … Continuar a ler

Lake Mungo – O Segredo do Lago Mungo [2008]

Há dias tropecei num video do Ryan Hollinger a falar sobre este Lake Mungo, como os nossos gostos são semelhantes parei a meio para não me spoilar e fui ver o filme. Boa decisão porque Lake Mungo foi uma excelente surpresa e experiência. Vou ser muito breve e vago porque quanto menos souberem mais gozo vão … Continuar a ler

Suspiria [2018]

Mesmo não sendo o meu filme favorito do Argento (esse titulo vai para Profondo Rosso) sou fã de Suspiria, embora tende a sair do saco dos giallo clássicos para algo um pouquinho diferente, acaba por ser, goste-se ou não, a cabeça de cartaz do terror italiano. As noticias que circulavam dum remake, já há uns anos, … Continuar a ler

Halloween [2018]

Só um sucinto background na minha relação com o Halloween. Só vi o original e nenhuma das sequelas, embora conheça as histórias e algumas cenas. Nunca gostei assim muito de slashers e, mesmo sendo um dos melhores desse sub-género, Halloween nunca foi um filme que despertasse grandes paixões em mim, portanto fui para esta nova … Continuar a ler

Mandy [2018]

Há uns meses falei aqui sobre Beyond the Black Rainbow, o filme de estreia de Panos Cosmatos. Achei-o demasiado centrado em aspectos artísticos, de tal forma que até o chamei de videoclip glorificado ou algo do género, basicamente era uma compilação de excelente música e visuais mas sem grande conteúdo a dar consistência a toda … Continuar a ler

The Nun – A Freira Maldita [2018]

O The Conjuring to James Wan rejuvenesceu o cinema comercial de terror da pipoca com altos valores de produção e uma realização cuidada, e com o seu sucesso germinaram uma série de imitadores que se destacam, claro, os seus spinoffs que formam agora um universo cinemático (vá lá, ao menos contenham o riso).  São filmes … Continuar a ler

Verónica [2017]

O sub-género das possessões demoníacas deve ser, possivelmente, a que tem um pior rácio entre qualidade e quantidade. É muito popular e há uma série de filmes que tentam a sua sorte, mas a verdade é que não há grandes exemplos de filmes realmente bens para lá do The Exorcist. Verónica vinha bem recebido e … Continuar a ler

The Ritual [2017]

Não confundir com o terrível The Rite – O Ritual com o Anthony Hopkins. O Netflix é engraçadito e tal, experimentei durante um mês e tem algumas vantagens, mas o fenómeno mais interessante do seu sucesso passa mais pelos filmes que têm vindo a fazer que, embora muitos sejam fraquitos, há alguns que são bastante interessantes. Este … Continuar a ler

Mother! – Mãe! [2017]

Lembro-me das reacções a este Mother! aquando da sua estreia no ano passado, pessoal chocado e confuso com o seu significado. Fiquei com bastante curiosidade, mas por uma ou outra razão nunca o cheguei a ir ver e a coisa foi adiando. Digo desde logo que gostei, mas honestamente não o achei tão confuso ou … Continuar a ler

The Neon Demon – O Demónio de Néon [2016]

The Neon Demon era porventura o filme que depositava maiores expectativas nesta maratona, gostei dos filmes que vi do Nicolas Winding Refn e todo o look pareceu-me muito apelativo. E de facto em termos visuais não me desiludiu, é, tal como esperava, uma lição de boa cinematografia, ajudada ainda mais pela temática do filme, que se … Continuar a ler

The Eyes of My Mother – Os olhos da minha mãe [2016]

  Para ser bem honesto, não me lembro de como fiquei a conhecer este filme nem porque me despertou a atenção, mas deverá andar à volta das ligações com Portugal, não só da protagonista, Kika Magalhães, que é portuguesa, mas também da história que se centra numa família de emigrantes açorianos. Um primeiro aviso desde … Continuar a ler

Bone Tomahawk – A Desaparecida, o Aleijado e os Trogloditas [2015]

Dos horrores europeus saltamos para o mais americano que se possa imaginar, o velho oeste com este Bone Tomahawk que por cá recebeu um dos títulos mais inacreditáveis desde os míticos Um Belo par… de Patins e Zombies Party – Uma Noite de Morte. Falo de… A Desaparecida, o Aleijado e os Troglodítas 😀 A … Continuar a ler

Ich Seh Ich Seh [2014]

Tropecei em Ich Seh Ich Seh, mais conhecido por Goodnight Mommy internacionalmente (aparentemente não estreou comercialmente por cá), aí num qualquer video de recomendações no youtube., gostei do look mas não fazia grande ideia da sua premissa. Mas, para ser sincero, rapidamente se fez luz na minha cabeça e a partir de certo ponto quase … Continuar a ler

Trick ‘r Treat – A Noite de todos os Medos [2007]

E dos anos 90 saltamos já para o novo milénio. O dias das bruxas, ou Halloween é a época perfeita para celebrar filmes de terror, no entanto, e se pensarem bem, não há assim muitos filmes de terror que celebrem a data. Claro temos o Halloween (que tá ai a estrear um novo filme) que pelo … Continuar a ler

Candyman – O Assassino em série [1992]

A década de 90 é de longe a menos prolífica em cinema de terror de qualidade, depois da explosão da década anterior onde os slashers eram reis e de certa forma dessensibilizaram o publico, ninguém sabia bem o que fazer e o género caiu numa espiral decrescente de imaginação e qualidade, envergando demasiadas vezes no … Continuar a ler

The Hunger – Fome de Viver [1983]

Continuamos na década de 80 e continuamos também com mais um daqueles thrillers de terror erótico tão em voga nessa década. The Hunger vem no seguimento dum sub-género da literatura de terror de temática “vampirica” que se afasta do puro terror dum Dracula e tenta humanizar e até sensualizar a imagem do vampiro, um pouco … Continuar a ler

Xtro – Extraterrestre [1982]

Estas maratonas não são supostas serem exclusivamente compostas por bons filmes, cinema rasca série b é sempre bem vindo e pode ser tão bom como qualquer outro, aliás muitos dos meus filmes favoritos são completos série b. E é aqui que encaixa este série b britânico (que curiosamente não têm muita tradição neste tipo de … Continuar a ler

Cat People – A Felina [1982]

O Cat People de 1942 é um dos meus filmes de terror favoritos dessa década, e curiosamente não conhecia o remake de 1982 para além da espectacular canção do David Bowie. Pelo que li é apenas uma leve adaptação, mas de qualquer das formas tinha grande curiosidade para ver como as mentalidades dos anos 80 … Continuar a ler

…E tu vivrai nel terrore! L’aldilà – As sete portas do inferno [1981]

  Dos chamados mestres italianos do terror, de entre os quais se destacam Argento, Bava e Fulci, este ultimo sempre foi o que menos consegui gostar, nenhum dos seus filmes (que vi) posso dizer que tenha gostado. Não sei bem porquê, mas o seu típico estilo de realização não encaixa bem comigo. Pode ser só … Continuar a ler

La casa dalle finestre che ridono – A casa com janelas sorridentes [1976]

Do neo-gótico dos anos 60 saltamos para outro sub-género que originou na Europa dos anos 60 mas que teve a sua época dourada na de 70. Falo do giallo, cinema Italiano de suspense e terror caracterizado por muito mistério, twists, mortes complexas e extremamente teatrais e um sentido estético e visual muito aprimorado. Alguns dos … Continuar a ler

Dracula has Risen From the Grave – O Sinal de Drácula [1968]

Continuamos com a Hammer e com Dracula, com o a terceira parte da série, este lançado apenas 2 anos após Prince of Darkness. Dracula has Risen From the Grave (fantástico titulo lol) é uma sequela directa da segunda parte, ou seja temos Dracula morto, congelado debaixo de água, no entanto, ao contrário dos dois primeiros filmes … Continuar a ler

Dracula: Prince of Darkness – Príncipe das Trevas [1966]

Depois dos filmes neo-góticos do Roger Corman, nada melhor que descobrir os filmes que deram origem, ou pelo menos que popularizaram o movimento, sim, os filmes de terror da Hammer. Já aqui falei do The Curse of Frankenstein, do The Mummy e do Dracula, os três pilares do estúdio. E é precisamente no Dracula que … Continuar a ler