• Maratona Lynch

  • Maratona Sci-Fi 2018

Mission: Impossible – Missão: Impossível – Fallout [2018]

A série de filmes da Missão Impossível é assim meio estranha. De certa forma faz-me lembrar um pouco os filmes do Fast and Furious na medida em que o senso comum diria que já deveria estar morta e enterrada, mas estranhamente consegue-se manter relevante muitos filmes depois. Gosto bastante do original do Brian de Palma, … Continuar a ler

F1 2017 [2017]

  O F1 2018 acabou de sair à coisa de dias, portanto vou vos falar… da versão do ano passado… yeah… Há uns meses a Codemasters ofereceu o F1 2015, fui buscá-lo porque jogos de borla nunca são demais e experimentei. Já não pegava num F1 da Codemasters desde… deixa ver… F1 2012. Nunca fui … Continuar a ler

Assassin’s Creed Rogue [2014]

A minha inglória caminhada pela série Assassin’s Creed (que lança mais jogos do que o meu tempo livre permite jogar) levou-me ao 6º capitulo da extensa série. Assassin’s Creed Rogue foi das entradas que passaram mais despercebidas por ter sido lançada nas consolas da anterior geração quando as novas já por cá andavam, e no … Continuar a ler

Snowpiercer – Expresso do Amanhã [2013]

Terminamos esta maratona com possivelmente dos melhores filmes desta lista, o sul coreano Snowpiercer do Bong Joon-ho que já por cá tinha passado, há uns tempos, com o igualmente bom The Host. A história de Snowpiercer é relativamente original e fresca, mais não seja por ser um cenário pós-apocalíptico passado inteiramente num comboio, mas também pelas … Continuar a ler

Trudno byt bogom – É difícil ser um Deus [2013]

Caminhamos para o final da maratona sci-fi 2018 com um filme… medieval? Esta produção russa ficou relativamente conhecida pela longa duração da sua produção, 6 anos de filmagem, com outros 6 de edição e pós produção. O resultado são quase 3 horas que relatam a história dum mundo alienígena, idêntico à terra, mas que nunca … Continuar a ler

Beyond the Black Rainbow [2010]

  Mais um filme relativamente desconhecido que nunca chegou a sair do circuito dos festivais e que parece não querer ser descoberto. Este era o filme desta maratona cujas expectativas eram mais altas, basta dar uma olhada no magnifico trailer, vajam só isto: Impossível resistir, hein? Bom, mas e a sua premissa? Essencialmente conta a história … Continuar a ler

Kurôn wa kokyô wo mezasu – The Clone Returns Home [2008]

The Clone Returns Home (não vou usar o nome original porque… bom, basta tentar escrevê-lo) é um filme estranho. Desde logo é difícil encontrar grandes informações na Internet, teve uma estreia limitadíssima fora do Japão por entre meia dúzia de festivais e foi realizado por Kanji Nakajima que só tem… 3 filmes em toda a sua … Continuar a ler

Batoru Rowaiaru – A Batalha Real [2000]

Quem anda nos meandros da actualidade da industria dos videojogos sabe bem qual a nova moda. Battle Royale é a nova galinha dos ovos de ouro e todos andam a tentar encontrar a nova fabrica de dinheiro. PUBG e Fortnite são os jogos da moda, mas de onde vem esta ideia do Battle Royale? Vem … Continuar a ler

Alien Resurrection – Alien: O Regresso [1997]

Já por cá passaram 3 dos filmes Alien, não poderia deixar de falar do quarto e ultimo filme da série, sim porque Alien vs Predator e Prometheus e Cocóvent são outras coisas. Tenho boas recordações de Alien Resurrection aquando a sua estreia, na altura já era fã dos anteriores filmes e poder ir ver, pela … Continuar a ler

From Beyond – A Criatura que veio do Além [1986]

Ainda na década de 80, agora com um filme que acaba por ser principalmente de terror, mas com o suficiente para ser mais ou menos catalogado de sci-fi, se bem que, à semelhança do filme em si, bem pateta. From Beyond é de certa forma uma sequela espiritual de outro filme de Stewart Gordon, Re-Animator … Continuar a ler

Nineteen Eighty-Four – 1984 [1984]

Continuamos na década de 80 com a adaptação de um dos meus livros favoritos, 1984 do George Orwell. Foi dos poucos livros que li mais que uma vez e em adolescente marcou-me fortemente e ajudou a alicerçar a minha mente em termos políticos e sociais. Contudo, e estranhamente, nunca tinha visto a versão cinematográfica de … Continuar a ler

Star Trek II: The Wrath of Khan – A Ira de Khan [1982]

Nunca fui muito fã de Star Trek, na verdade acho que nunca vi nenhum filme  ou episódios completos, talvez tenha tropeçado nalgum por aí na TV, mas nada que tenha ficado muito marcado nem que tenha despertado o meu interesse para descobrir mais. E como ficava mal encerrar uma tradição como a Maratona Sci-fi sem … Continuar a ler

Soylent Green – À Beira do Fim [1973]

Saltamos para a década de 70 com um clássico que acabou por entrar na cultura popular, especialmente por causa do twist final que, na altura foi deveras chocante, mas que hoje em dia está tão ligado ao filme em si, e ao seu nome, que já se tornou impossível de o dissociar. Soylent Green é, … Continuar a ler

The Last Man on Earth – O Último Homem na Terra [1964]

Segunda entrada da Maratona Sci-fi e o logo com um um filme bem interessante que, embora não entre por caminhos tortuosos como as viagens no tempo de La Jetée, apresenta dois outros dos sub-géneros favoritos da ficção cientifica, os pós-apocalipses zombies (mais ou menos) e os de epidemias. A fama de The Last Man of … Continuar a ler

La Jetée [1962]

Pois bem rapaziada, vamos dar inicio a mais uma Maratona Sci-Fi! A derradeira edição. Já falei, na apresentação da maratona, um pouco por alto o porquê de estar a terminar uma das tradições aqui do PixelHunt, mas assim sucintamente acho que a coisa já deu o que tinha a dar e quero dar espaço a … Continuar a ler

Maratona Sci-Fi 2018

Os menos distraídos já devem ter reparado que este ano ainda não houve Maratona Sci-fi. É verdade, ela normalmente decorre durante o mês de Maio e… Maio já lá vai. A razão é facil de adivinhar, à semelhança da edição de 2016, que tinha sida alterada para Agosto, a vida real, falta de tempo e … Continuar a ler

Doom [2016]

Há umas semanas escrevi sobre o reboot da série Wolfenstein de que gostei bastante e mencionei que estava também a jogar o reboot de outro dos pesos pesados da id Software, Doom. Pois bem, terminei-o e aqui estão os meus 5 cents. Muito honestamente, e acho que não estou sozinho no que vou dizer, quando … Continuar a ler

Hereditary – Hereditário [2018]

Decidi esperar deliberadamente alguns dias e um segundo visionamento até me aventurar a escrever qualquer coisa sobre este Hereditary, deixei passar aquele hype que às vezes nos tolda o juízo e nos impossibilita de ver os defeitos. O cinema de terror vive hoje em dia um dos seus melhores períodos, rivalizando com as épocas douradas … Continuar a ler

Resident Evil Zero [2002]

Há uns bons anos atrás pus-me a jogar os dois primeiros Resident Evil naquela de se calhar fazer a série toda por ordem, o Resident Evil 2 foi porreiro mas o Resident Evil Remake foi a cereja no topo do bolo, um dos melhores jogos de terror, bom… de sempre. Foi portanto com alguma expectativa … Continuar a ler

Wolfenstein: The New Order [2014]

A id Software e a Bethesda andam numa onde de remakes e reboots dos clássicos first person shooters dos anos 90 e este Wolfenstein: The New Order foi, penso eu, o primeiro. Nunca fui realmente um fã a sério dos Wolfenstein, só tive um PC em 1997, na altura o clássico já tinha 5 anos, … Continuar a ler

Assetto Corsa [2014]

Quem me conhece sabe que sou um apaixonado por desporto motorizado, F1 e por arrasto simuladores hardcore de condução. Assim muito por alto o meu percurso dentro da área é algo tipo Ferrari Grand Prix – Nascar Racing – Grand Prix Legends – Grand Prix 3 – Grand Prix 4 – F1 Challenge 99 – … Continuar a ler

Mad Max [2015]

Posso dizer que gosto, assim tipo… bastante, dos filmes do Mad Max, são do melhor que já foi feito em cinema de pura acção e uma inqualificável inspiração e referência para todo um sub-género popular e artístico que é a ficção cientifica pós-apocalíptica. Muitos filmes e ainda mais jogos copiaram o look, ambiente e atmosfera … Continuar a ler

Black Panther [2018]

Tenho um pequenito ódio de estimação pelos filmes da Marvel e pelo que representam hoje em dia, mas o meu recente visionamento do Avengers: Infinity War foi uma pequena surpresa e despertou-me o interesse em voltar a dar mais uma oportunidade, talvez as coisas tenham melhorado com o tempo? Decidi portanto arriscar no Black Panther, … Continuar a ler

A Quiet Place – Um Lugar Silencioso [2018]

Se me dissessem há 10 anos atrás que a imitação americana do Martin Freeman do The Office iria ser o realizador dum dos mais tensos filmes de terror do ano, provavelmente não acreditaria, mas a realidade é que John Krasinski, apenas no seu 2º filme como realizador, já mostra sinais de algum brilhantismo. A Quiet … Continuar a ler

Avengers: Infinity War – Vingadores: Guerra do Infinito [2018]

O mais recente juggernaut da Disney rebentou e já anda ai a facturar mais que o PIB de pequenos países do pacifico. O novo Avengers, intitulado de Infinity War sucede a dezenas de outros filmes da Marvel, mas mais especificamente aos dois primeiros Avengers que, muito honestamente, foram bem fraquinhos, especialmente o lixo do Age of … Continuar a ler